POLITICA DE ARAPOTI - OQUE TEM POR DE TRÁS DAS CORTINAS - 2


Resta pouco mais de três meses para a eleição municipal de 2020. O pleito acontecerá em Novembro e até lá, muita água irá passar por baixo da “ponte da pretensão”. Nesta travessia, hoje, pelo menos três políticos são pré-candidatos a prefeito em Arapoti. 

Os nomes surgem após reuniões ou até mesmo nos corredores da prefeitura. Mas ainda há tempo para os conchavos, as promessas entre os concorrentes deixando claro que o jogo está aberto e alguns políticos podem até desistir da meta. Mas nada impede que novos pretendentes apareçam nas próximas semanas. 

A certeza é, pelos nomes mais comentados, poucos são considerados renovação. Muitos fazem parte da velha política arapotiense. Outros mesmo de longe são políticos que trazem muita bagagem. 


Dentre os nomes cogitados para assumir o posto que hoje é comandado por Nerilda Penna (até 31 de dezembro de 2020), é o do empresário  Irani Barros que foi derrotado por Braz Rizzi na ultima eleição (Depois Braz foi cassado e a Vice Nerilda Penna assumiu). Irani já foi Chefe de Governo no mandato do ex-prefeito Luiz Fernando de Masi. 


Na mesma balada vem o também empresário, mas do ramo gastronômico João Altair Alberti “O Taico”, como é conhecido. Taico coloca seu nome para a disputa pela primeira vez em Arapoti, mas sempre esteve dentro da politica em Nova Tebas PR onde foi Vereador por dois mandatos e depois vice prefeito. 


Outro nome bastante comentado, é o da atual prefeita Nerilda Penna que demorou a decidir se seria candidata, mas nos últimos dias vem crescendo nas pesquisas e é uma forte candidata a reeleição para comandar o município por mais quatro anos. 

Até aí tudo normal, mas o grande problema da eleição é oque acontece nos bastidores, às negociatas que fazem a politica se tornar algo sujo. Para ter uma noção do que acontece no submundo da politica, tem pré-candidato trocando sua candidatura por uma secretaria na próxima gestão e tem pré-candidatos tentando persuadir outro a desistir da candidatura oferecendo cargos e  secretaria caso seja eleito. 

É isso que enoja a politica, pois depois de eleito o prefeito não consegue fazer um bom trabalho devido às promessas de campanha. A equipe é montada antes das eleições, e não está trabalhando por merecimento, mas por favores políticos. 

Será que justiça não vê isso como compra de votos? Esta troca de favores, na verdade é uma compra de votos disfarçada, pois a pessoa não desistiu de sua candidatura por acreditar no trabalho do outro ou por motivos pessoais, mas pelas vantagens que vai levar no futuro caso o outro seja eleito. 

A população precisa prestar muita atenção no que acontece por de trás das cortinas! Não devemos olhar só para os possíveis candidatos, mas também para seus aliados e apoiadores. Neste caso quantidade não é o diferencial, e sim a idoneidade e o caráter destas pessoas. População de Arapoti, a largada será dada, então como em qualquer disputa deveremos observar com muita atenção tudo o que envolve esta corrida para a tão cobiçada cadeira de prefeito.


Click no link abaixo


Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER