Que a saúde de nosso município sempre teve e sempre vai ter problemas nos sabemos, mas neste momento a situação esta critica, são reclamações de todos os lados e por diversos motivos. O pior é que o secretario de saúde disse na Conferencia de Saúde, que Arapoti gasta 19 milhões de reais só com a saúde. São 26% do orçamento do município colocado na SAÚDE.

Mesmo assim, na ultima sexta-feira (05), O senhor Luiz Marlo Alves, mais conhecido como “Marlo”, disse ter estado no Ministério Público falando com o promotor de justiça, Dr Silvio e este, o aconselhou a ir até a ouvidoria da prefeitura, e protocolar uma denuncia a respeito de situações vivida por ele e por pessoas de seu convívio. 

Marlo convidou a reportagem do VP News, para acompanhar a denuncia que faria na ouvidoria. Nossa equipe o acompanhou e apesar de serem situações que a população comenta todos os dias com a nossa equipe, Poucos tem a coragem de denunciar. Mas desta vez a coisa esta sendo feita da maneira correta. 


CLICK NO LINK ABAIXO

As denuncias vão desde a simples colocação de um banco na UBS da Vila Romana, aonde as pessoas que chegam às quatro horas da Manhã tem que ficar em pé, ou sentadas no chão por falta dos bancos. Passando pelo atendimento no 18tão que segundo Marlo (e a metade da população de Arapoti), o médico praticamente nem olha para o paciente e prescreve o medicamento. Segundo o denunciante, ele se recusou a ser medicado, pois a consulta durou menos de 30 segundos...

A denuncia foi até a uma situação, que se for verdade não da para entender. Segundo o denunciante, ele tem uma propriedade no Bairro do Capão Bonito, e este Bairro esta sem atendimento médico depois que a vigilância interditou o posto que existia no local. Segundo Marlo ele conseguiu convencer vários produtores de soja do Bairro a fazer uma doação de 30 sacas de soja por produtor, para auxiliar na construção de um novo posto de atendimento (Ou UBS). Mesmo assim a prefeita e secretários não aceitaram a ajuda. A resposta é que esta situação esbarrava na lei. 
Os produtores que moram próximo ao Rio Canoinhas, auxiliaram na construção de uma nova ponte. Qual a diferença???

Abaixo a denuncia na integra que o Senhor Luiz Marlo Alves fez na ouvidoria.






Reações:

Postar um comentário

  1. Quanto aos bancos, até entendo, agora dizer q os médicos nem olha na cara dos pacientes, e já vai passando remédio, não posso dizer o mesmo, pois tenho precisado bastante do 18tão, sei o nome de 2 médicos que tem me atendido, ou eu, ou alguém da minha família, Dr.ademir, um excelente profissional que quando se trata de criança então, até faz brincadeiras, as minhas filhas adoram... Dr.alexander, outro excelente profissional, tb posso garantir que examina muito bem naquilo que vc reclama, por ex. Se for garganta, ele não vai te examinar o pé, certo? Obs, não estou defendendo a prefeita, até acho uma má gestora, mas sim os médicos estão fazendo os papéis deles...

    ResponderExcluir

 
Top