Click na imagem e conheça um pouco mais da Loja Patrícia





DEPOIS DE UM PERÍODO DE CALMARIA, OS FURTOS DE FIOS E CABOS ELÉTRICOS EM PRÉDIOS PÚBLICO VOLTAM A ACONTECER.


Um crime de difícil combate, silencioso e pouco resolvido. Os furtos de fios/cabos em geral estão deixando prefeitos da região assustados e com prejuízos na conta. Esse tipo de furto não é novidade, mas, com a pandemia do coronavírus associada à crise financeira, uma onda de incidência se alastrou por inúmeros prédios públicos, comércios, empresas de internet e isso que tem tirado o sono de muita gente.

No inicio do mês, a policia Civil realizou a prisão de cinco pessoas suspeitas de estar envolvidas com o furto de fios/cabos elétricos. Apesar da calmaria depois da ação dos policiais, neste ultimo final de semana, a bola da vez foi a Escola Romana Carneiro Kluppel, na Vila Romana que teve a fiação dos dois blocos mais ao fundo furtada; deixando vários alunos sem iluminação nas salas de aula.


O furto de cabos de energia tem gerado muitos prejuízos aos cofres públicos. A prefeitura tem um alto custo com fiação para substituir o material levado de escolas, estádios/quadras de futebol e praças.

As pessoas que cometem o crime buscam o cobre, elemento químico utilizado para a produção de materiais condutores de eletricidade (fios e cabos), e em ligas metálicas como latão e bronze. Desde o ano passado o cobre mais que dobrou de preço, diante da valorização do dólar, somado à escassez no mercado e alta demanda.

As ocasionais prisões de indivíduos com algumas quantidades de fios são apenas a ponta de um iceberg do crime, passando também por grupos especializados, receptadores e donos de lojas que compram o material sem comprovação de origem.






Uma das grandes dificuldades que as autoridades de segurança enfrentam é que o material quando subtraído, é dificilmente identificado. Mesmo assim, constatada a existência do crime, inicia-se a investigação e após a conclusão, via de regra, os envolvidos são indiciados por crime de furto, com pena prevista de 1 a 4 anos e multa.

Enquadrando-se em uma das possibilidades do furto qualificado, tais como destruição ou rompimento de obstáculo, abuso de confiança, fraude, escalada ou destreza, com emprego de chave falsa ou mediante o concurso de duas ou mais pessoas, a pena pode chegar a 2 a 8 anos de reclusão, acrescida também de multa. Apesar da Lei, poucos ficam presos por muito tempo.



Flagrou? Denuncie!
Caso verifique o furto de fios/cabos em geral, a principal orientação é ligar para as autoridades policiais, através do 190 da Policia Militar ou a Policia Civil no 3557-1323.



Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER