Click na imagem e conheça um pouco mais da Loja Patrícia





Roubos caem mais de 50% nos últimos três anos no Paraná


O policiamento ostensivo e preventivo, em conjunto com o forte aparato de inteligência das polícias Militar e Civil, tem reduzido cada vez mais os roubos no Paraná. O balanço da Secretaria da Segurança Pública divulgado nesta quarta-feira (09) mostra que em 2021 houve redução de 20,08% nos roubos em geral no Estado em comparação com 2020 – é o menor índice desde 2018. Na Capital, a queda de 2020 para 2021 foi de 28,48% (de 12.976 para 9.280), com 3.696 casos a menos no último ano.


De acordo com os dados da Sesp, 59.860 roubos ocorreram no Paraná em 2018. No ano seguinte, o número caiu para 48.734, uma diferença de 11.126 crimes a menos. Em 2020, a queda continuou, contabilizando 33.238 casos e, no último ano, ficou em 26.565. O comparativo entre 2018 e 2021 indica que 33.295 roubos deixaram de ocorrer nos últimos três anos, uma redução de 55,62%.

A redução dos roubos é atribuída ao trabalho preventivo, desempenhado pela Polícia Militar para desestimular a prática do crime, e às operações de inteligência da PM e da Polícia Civil para desmantelar grupos criminosos.



O secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, detalha que a estratégia das polícias foi fundamental para aumentar a segurança da população no que diz respeito a esse tipo de crime. “O roubo é uma modalidade de crime que as forças policiais batalham bastante para combater, pois ele é agressivo contra o cidadão, ou seja, geralmente é cometido com violência ou com uso de armas. Focamos nossos esforços para que a redução continue e que o cidadão que conquista seus bens com muito trabalho não tenha eles tirados de si”, afirmou.

MODALIDADES – A maior queda de roubos consumados no Estado foi na região litorânea, na 3ª Área Integrada de Segurança Pública (3ª AISP), de -29,21%. Em 2020 houve 1.253 casos e, no último ano, foram 887 registros, ou seja, 366 crimes a menos. Na Capital (1ª AISP), a redução de 28,48% significa que 3.696 roubos deixaram de ocorrer em 2021 na cidade.

Além das AISPs do Litoral e de Curitiba, outras 15 também tiveram queda nos roubos, como as regiões de Londrina e de Paranavaí, que contabilizaram reduções consistentes. O decréscimo foi, respectivamente, de 25,67% (de 2.622 para 1.949) e de 23,66% (de 541 para 413). A Região Metropolitana de Curitiba (área da 2ª AISP) ficou em quinto lugar, com redução de 20,77% (de 5.965 para 4.726).

Outras subdivisões deste tipo de crime acompanharam a queda, segundo o relatório da Sesp. Os roubos de veículos caíram 9,58% em todo o Estado (de 4.456 para 4.029), sendo a redução mais significativa na região de Londrina, área da 20ª AISP, com 167 crimes a menos, de 386 crimes em 2020 para 219 no ano passado.

Os roubos em ambiente público caíram 21,57%, de 22.172 em 2020 para 17.390 casos em 2021, uma diferença de 4.782 crimes dessa natureza a menos. Já no comércio, a redução foi de 16,96% (de 5.230 para 4.343) no comparativo dos dois últimos anos, representando uma diminuição de 887 casos. Na região da 3ª AISP (Paranaguá) a queda chegou a 49,34%, de 227 para 115, a maior redução em todo o Estado.

FURTOS – Um dos desafios da Segurança Pública para 2022 será combater os furtos. O crime cresceu 11,67% em 2021 em comparação com o ano anterior, de 139.284 para 155.533. As únicas regiões que tiveram decréscimo foram na 7ª AISP (Guarapuava), com 1,14% (de 3.080 para 3.045) e a 23ª AISP (Jacarezinho) com 2,56% (de 3.287 para 3.203).

Por outro lado, algumas modalidades apresentaram redução no comparativo entre 2020 e 2021. Os furtos de veículos, por exemplo, reduziram, segundo a análise da Secretaria, de 11.995 casos para 11.576 – 3,49% menos.

A redução tem sido constante desde 2018, quando houve 17.555 furtos de veículos, caindo para 15.948 em 2019, depois para 11.995 em 2020 e com 11.576 no último ano – um acumulado de 34%. No Interior do Estado, este tipo de crime teve uma queda mais acentuada, principalmente na região de Guarapuava (7º AISP), com 28,81% (de 177 para 126).

Os furtos em ambiente público caíram 3,19% no Paraná (de 21.933 para 21.234) em 2021. As regiões que registraram queda mais acentuada foram a 6ª AISP (União da Vitória), com 26,56% (de 241 para 177); a 21ª AISP (Cornélio Procópio) com redução de 18,87% (de 355 para 288); a 7ª AISP (Guarapuava) com queda de 16,67% (de 390 para 325); e a 1ª AISP (Curitiba) com redução de 16,51% (de 5.804 para 4.846).

Os dados completos do relatório de roubos e furtos podem ser consultados AQUI.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER