Click na imagem e conheça um pouco mais da Loja Patrícia





Nº de crianças que não sabem ler nem escrever subiu 65% na pandemia

 A análise feita pela ONG Todos Pela Educação levou em conta o aprendizado das crianças de 6 a 7 anos, nos anos de 2019 a 2021


Arte / Metrópoles

Um levantamento feito pela ONG Todos pela Educação, divulgado nesta terça-feira (8/2), apontou que o número de crianças entre 6 e 7 anos que não aprenderam a ler e escrever chegou a 2,4 milhões e aumentou mais de 65% durante a pandemia. Em 2021, quase metade das meninas e meninos nessa idade não sabiam ler nem escrever.

O método de análise usado pela ONG foi a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os questionários, contudo, foram respondidos por pais e responsáveis.

PUBLICIDADE.


a cada 25 crianças, seis não sabiam ler nem escrever em 2019; a cada 25 crianças, oito não sabiam ler nem escrever em 2020; a cada 25 crianças, 10 não sabiam ler nem escrever em 2021.

As crianças declaradas como negras ou pardas são a maior parte das que não sabiam ler na respectiva idade, em 2021. Entre as negras, 47,4% não sabiam ler nem escrever, enquanto as pardas somavam 44,5%. Já entre as crianças brancas que não sabiam ler e escrever, a soma chegou a 35,1%.


De acordo com a ONG Todos pela Educação, a brusca queda no aprendizado se deu, principalmente, pela chegada da pandemia ao Brasil, o que ocasionou o fechamento e a adaptação das unidades de ensino à modalidade remota.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER