Prefeitura de Jaguariaíva tem novo decreto restringindo atendimento presencial


Alinhada às estratégias e orientações de combate à pandemia vindas do Governo do Estado, a prefeita de Jaguariaíva, Alcione Lemos, decretou novas medidas restritivas no âmbito da administração municipal e autarquias, que diariamente recebem um grande número de pessoas.

O decreto, de número 387/2021, altera a forma de atendimento ao público entre os dias 26 de maio e 15 de junho na prefeitura e seus órgãos. A exceção é para os serviços nas unidades básicas de saúde e Hospital Municipal Carolina Lupion, que continuam de forma inalterada. Vale esclarecer que as medidas não se referem ao comércio e demais estabelecimentos, que devem contudo, continuar atendendo mediante os protocolos sanitários e decretos alusivos vigentes.

Durante este período de maior emergência estarão suspensos os atendimentos presenciais na prefeitura e suas repartições. Os contatos, quando necessários, poderão ser realizados por meio remoto. Reuniões de qualquer natureza deverão ser realizadas em ambiente virtual.

Embora o atendimento ao público esteja temporariamente suspenso, o trabalho dos servidores continua sendo feito, em regime de revezamento, alternando entre trabalho Home Office e no local de trabalho.

Permanecem inalteradas as datas de abertura dos procedimentos licitatórios já agendados. Também estão mantidos os atendimentos no Departamento de Tributação.

|  CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE  |



Na vigência do decreto municipal 387/2021 ficam suspensos, na esfera do Executivo Municipal, os prazos recursais, de defesa dos interessados nos processos administrativos e disciplinares e o acesso aos autos dos processos físicos. Excetuam-se dessas suspensões os casos com hipótese de prescrição ou decadência. O contato com a Prefeitura de Jaguariaíva pode ser feito pelo telefone (43) 3535-9400.

Alerta – O município de Jaguariaíva registra um aumento expressivo no número de casos e mortes por Covid-19 nos últimos dias. O último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) mostra um total de 107 mortes e 194 casos da doença, entre eles 27 internados.

Em todo o Paraná os sistemas de saúde público e privado estão perto do colapso e há escassez de medicamentos e pessoal para atendimento dos casos graves. Diante da situação, para evitar ainda mais óbitos, as autoridades de saúde enviam alerta para que a população siga os protocolos de segurança sanitária, evite aglomerações e mantendo o distanciamento social. A higiene das mãos e o uso de máscara continuam como importantes armas contra o novo coronavírus e as novas variantes.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER