TV ARAPOTI - 24 HORAS COM VOCE!!!







Click na imagem e conheça um pouco mais da Loja Patrícia




Paraná ultrapassa 1,4 mil trabalhadores da educação vacinados contra a Covid-19


 Os primeiros trabalhadores da educação vacinados contra a Covid-19 como parte do processo de retomada gradativa às aulas presenciais da Rede Pública de Ensino já começam a aparecer no Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde.

O ranking apontava no início da tarde desta sexta-feira que 1.464 profissionais do setor, das mais diferentes funções e com menos de 60 anos, iniciaram o processo de proteção contra o vírus com a aplicação da primeira dose do imunizante da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz. 

 As primeiras escolas estaduais reabriram as portas no Paraná no dia 10 deste mês. O grupo está sendo imunizado exclusivamente com as 32.760 doses separadas pelo Governo do Estado e que começaram a ser distribuídas para as 22 Regionais de Saúde na quarta-feira da semana passada. A eles soma-se aproximadamente outros 8 mil profissionais que já receberam ao menos uma dose da vacina por integrarem o grupo prioritário elaborado pelo Ministério da Saúde formado por pessoas com mais de 60 anos. 

| CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE |



Por determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, todas as remessas de vacinas que chegarem ao Paraná terão um porcentual de doses separado para a educação, seguindo o modelo já usado para os profissionais de segurança. 

 De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, serão levados em consideração dois critérios nas divisões dentro do grupo de trabalhadores da educação. Além da idade, com a redução da faixa etária conforme a quantidade de vacinas, quem já retomou o trabalho presencial nas escolas passará a ter prioridade. O governador destaca que a imunização, aliada ao diagnóstico diário da circulação da doença e dos números de leitos disponíveis que vai balizar o avanço no retorno presencial de alunos e professores nas escolas do Estado.

As mais de 32 mil doses já encaminhadas pelo Estado aos municípios correspondem a 14% dos trabalhadores da educação previstos no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, estimado em 223.167 pessoas. O número leva em consideração profissionais das rede pública, privada e da assistência social. 

 Neste primeiro momento serão vacinados aqueles com idades entre 55 a 59 anos do Ensino Básico. Algumas cidades, porém, ainda não começaram a aplicar as doses, como é o caso de Curitiba. A capital começa a imunizar os trabalhadores da educação na segunda-feira. 

A vacinação dos profissionais da Educação acontece em paralelo ao retorno das aulas presenciais em 200 colégios estaduais, em 68 municípios. Essas instituições estão adotando o modelo híbrido de ensino, com parte dos alunos em sala de aula e parte em ensino remoto, assistindo às aulas ao vivo. Os demais colégios estaduais permanecem no ensino remoto e devem retornar às atividades presenciais gradualmente, ao longo das próximas semanas. 

(Repórter: Rudi Bagatini)

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER