Mãe é acusada de homicídio após morte de bebê de 9 meses

Foto: Reprodução/Banda B

Criança chegou a ser internada, mas veio a óbito com indícios de maus-tratos. Pai já havia sido preso

Emilly Amanda de Lara Pereira, mãe do bebê de 9 meses que morreu após ser internado com indícios de maus-tratos, foi presa por suspeita de homicídio neste sábado (22), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. João Wesley morreu no dia 2 de março, três dias após o internamento.

| PUBLICIDADE |



De acordo com a Polícia Militar, o mandado de prisão contra a suspeita foi cumprido no momento em que ele se preparava para fugir para outra cidade. “Ela estava escondida em Fazenda Rio Grande, foi presa e conduzida à delegacia”, disse o soldado da Cruz do 13º Batalhão da Polícia Militar.

O pai da criança já havia sido preso. “Agora, a mãe também foi ao ter sua prisão preventiva decretada”, disse a delegada Patrícia Conceição, da Polícia Civil. A mulher teria negado à polícia a participação no crime contra o filho. “Durante o trajeto, ela negou a autoria e disse que o pai da criança era quem tinha culpa”, acrescentou o soldado. Ela foi levada à Delegacia de Vigilâncias e Capturas.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER