DENUNCIA POR PLAGIO CONTRA O CANDIDATO A PREFEITO DE ARAPOTI “TAÍCO” É JULGADA IMPROCEDENTE.


Segundo a sentença do juiz da JUSTIÇA ELEITORAL DA 164ª ZONA ELEITORAL DE ARAPOTI, Doutor Djalma Gaspar Junior; trata-se de uma representação proposta pela coligação “Com União a Gente Cresce” (Irani e Potinho) contra os candidatos João Altair Alberti O “Taíco”e Valderi Brizola a Prefeito e a vice respectivamente; pelo motivo de terem registrado nos autos de candidatura um plano de governo usado por Luís Carlos Moreira, candidato a prefeito em 2016.
 

Segundo documentos que o Voz do Povo teve acesso, a coligação “RENOVA ARAPOTI” apresentou dentro do prazo legal a contestação de que a presente peça não deveria ser motivo de impugnação de candidatura, e alega que a apresentação de um plano de governo é um requisito formal, que foi devidamente cumprido, além disso apresentou uma autorização de uso assinada por Luiz Carlos Moreira. 

Ainda segundo o documento, o representante do Ministério Público Eleitoral optou pela improcedência da presente representação, por absoluta falta de lastro jurídico que permita ser julgado procedente. 

Na decisão o Juiz fala que os denunciados, Taíco e Valderi Brizola não se apropriaram intelectualmente do plano de governo, já que eles têm uma autorização assinada por Luiz Carlos Moreira candidato a prefeito na eleição de 2016. 

Denuncia IMPROCEDENTE!

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER