Moro teria pedido demissão após Bolsonaro comunicar troca na PF; assessoria não confirma

FOTO: REUTERS/Adriano Machado


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, teria pedido demissão do cargo nesta quinta-feira (23) depois que o presidente Jair Bolsonaro o comunicou que pretende realizar a troca no comando da Polícia Federal, ocupado pelo delegado Maurício Valeixo, indicado pelo ministro. A informação é do jornal Folha de São Paulo. 

Bolsonaro teria dito a Moro que a troca deve ocorrer nos próximos dias. Após o ministro dizer que sairia do cargo, Bolsonaro estaria nesse momento tentar reverter a situação, segundo o jornal O Estado de São Paulo.

Em agosto de 2019, o presidente já havia anunciado que pretendia trocar o comando da Polícia Federal. A definição da chefia da PF é uma atribuição do presidente, mas tradicionalmente a escolha é feita pelo ministro da Justiça.

O caso ganhou proporções maiores quando o presidente tentou interferir no comando da superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro. Bolsonaro anunciou a exoneração de Ricardo Saadi do cargo, dizendo que a saída dele seria por motivos de produtividade.

O presidente ainda tentou emplacar o nome de Alexandre Silva Saraiva, superintendente da PF no Amazonas, para o cargo. À época, a PF - subordinada a Moro - reagiu negativamente. Em meio ao atrito, Bolsonaro chegou a dizer que se não podia trocar o superintendente do Rio de Janeiro, trocaria o diretor-geral da PF.

FONTE: GAZETA DO POVO

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER