Capal adota medidas contra a proliferação do Covid-19

Presidência-executiva da Cooperativa apresenta ações com base em informações oficiais para o cuidado da saúde de todos


Devido ao avanço do Covid-19 (coronavírus) no Brasil, o presidente-executivo da Capal Cooperativa Agroindustrial, Adilson Fuga, anunciou uma série de medidas para reduzir a propagação da doença. Essas ações são baseadas em recomendações da Organização Mundial de Saúde, que declarou a doença como pandemia, do Ministério da Saúde e dos governos do Estado do Paraná e São Paulo, este o primeiro a apresentar óbito no Brasil por causa do vírus.

As medidas visam preservar a saúde de funcionários, cooperados, fornecedores e público em geral. Entre elas, estão ações simples como cobrir a boca e o nariz com a região do cotovelo ao tossir ou espirrar, evitar tocar nos olhos, nariz e boca, usar lenço de papel e lavar bem as mãos com água e sabão. Em todos os setores da cooperativa, na matriz e também nas Unidades, há álcool em gel disponível.

“Precisamos tomar todos os cuidados, higienizar bem as mãos. Estamos em um país que há como cultura o contato caloroso. Divulgamos um comunicado aos nossos funcionários para que possamos passar por esse período e não colocar em risco nossa população. Fatalmente, teremos um colapso do sistema de saúde se toda a população contrair esse vírus”, afirma Adilson Fuga.

Manter os ambientes arejados, sempre limpos e objetos higienizados são ações básicas que garantem qualquer remediação. O contato físico também deve ser evitado, inclusive a aglomeração de pessoas. A orientação é substituir as reuniões por videoconferências.

Outra mudança importante foi em relação a deslocamentos. Cooperados e funcionários não devem realizar viagens, nacionais ou internacionais.

Eventos programados pela Cooperativa, entre eles a 7ª edição do Desafio de Rua – que seria no próximo 1º de maio – foram suspensos, novamente seguindo orientação dos órgãos oficiais.

CAPAL 60 ANOS
Fundada em 1960, a CAPAL, que completa 60 anos em 2020, conta atualmente com 3.130 associados, distribuídos em 14 unidades de negócios, nos estados do Paraná e São Paulo. A cadeia agrícola responde por cerca de 70% das operações da cooperativa, produzindo mais de 640 mil toneladas de grãos por ano, com destaque para soja, milho, café e trigo. A área agrícola assistida aproxima dos 150 mil hectares. O volume de leite negociado mensalmente é de 11,5 milhões de litros provenientes de 360 produtores, com uma média diária de 384 mil litros entregues. Além disso, a cooperativa comercializa mais de 27 mil toneladas de suínos vivos.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER