Governo e Safernet Brasil vão capacitar para o combate ao cibercrime



O Governo do Paraná vai reforçar o combate ao cibercrime. Uma parceria firmada pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Secretaria da Administração e a Safernet Brasil – que atua para promover a conscientização de como usar a internet de maneira livre e segura, vai capacitar profissionais para fortalecer as ações da Força-Tarefa Infância Segura na prevenção e combate aos crimes cibernéticos.


A capacitação envolve profissionais das diversas áreas de atuação com a infância, como educadores, conselheiros tutelares, psicólogos, policiais militares (especialmente atuantes na Patrulha Escolar), assistentes sociais e demais atores do Sistema de garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A assinatura da cooperação técnica foi nesta quinta-feira (12), no Palácio das Araucárias, em Curitiba. Formalizaram a parceria os secretários da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, e da Administração, Reinhold Stephanes, e o diretor de educação da Safernet, Rodrigo Nejm.

“Precisamos sensibilizar, educar e promover o uso ético e cidadão da internet para crianças e adolescentes”, disse Ney Leprevost. “Atuamos com prevenção nessa área . Tudo hoje é conexão e ocorre por meio da internet, por isso precisamos estar preparados para este novo desafio”, afirmou.

Para o chefe do Departamento da Justiça da Secretaria e coordenador da Força-Tarefa Infância Segura, Felipe Hayashi, o Paraná sai na frente, como o primeiro estado do Brasil que firma este tipo de parceria. “Vamos capacitar ao longo dos próximos dois anos aproximadamente 16 mil profissionais de todas as áreas de atuação”, disse ele.

ESCOLA DE GESTÃO - A capacitação EaD será promovida com a parceria da Escola de Gestão e a Escola de Educação em Direitos Humano e a Força-Tarefa Infância Segura e vai viabilizar o acesso deste curso aos profissionais nos 399 municípios. “É o primeiro passo para que esses profissionais tenham o mínimo de informações sobre os problemas que hoje temos nas áreas do ciberbullyng, da extorsão mediante o uso da internet, do aliciamento sexual, dentre outros”, afirma Hayashi.

INTEGRAÇÃO - A SaferNet integra um time de parceiros que concentra força e competência para aumentar a segurança na Internet. São parceiros as empresas: Google; Facebook; Vivo; Twitter. Do setor público fazem parte o Ministério Público Federal; Ministério dos Direitos Humanos; Polícia Federal e organizações internacionais como Unicef.

A parceria é um marco para a Safernet, como organização da sociedade civil que faz um trabalho técnico e busca subsidiar o trabalho de políticas públicas, disse o diretor de educação da entidade, Rodrigo Nejm. “Essa integração é fundamental para que possamos juntos desenvolver propostas e ideias de diretrizes das políticas públicas, fazendo com que a informação, que é o principal, chegue à população. Precisamos garantir que o uso dessas tecnologias seja a favor de oportunidades, de conhecimento, de empoderamento das crianças e adolescentes, mas de uma forma segura e inteligente”.

Postar um comentário

0 Comentários


KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER