Secretaria da Saúde implanta novo sistema de regulação.


A Secretaria de Estado da Saúde está implantando o Care Paraná, novo sistema informatizado. Desenvolvida pela Celepar, a ferramenta abrangerá até 1º de outubro todas as ações internas que envolvem a regulação ambulatorial e hospitalar do Estado, como agendamentos de consultas e exames especializados, internação hospitalar, central de leitos, autorizações de procedimentos de alta complexidade e faturamento para o pagamento aos prestadores de serviços da área da saúde.

O Care Paraná – Central de Acesso à Regulação do Paraná – substitui o sistema de regulação anterior, produzido por empresa privada.
“Estamos inovando com tecnologia produzida por profissionais do Estado e o sistema próprio, além de representar autonomia de gerenciamento de importante área da saúde, promoverá também uma redução de despesas de quase R$ 1 milhão por mês, valor pago pela manutenção do sistema, e que agora poderemos aplicar em outras ações”, destaca o secretário da pasta, Beto Preto.

De acordo com ele, ao longo de quatro anos haverá economia de cerca de R$ 50 milhões para novos investimentos, como ampliação do número de consultas e maior volume de exames e cirurgias. “É desta forma que a atual gestão busca a inovação, com soluções que se revertam em benefícios para todo o paranaense”, afirmou.
Parte do novo sistema começou a funcionar na nova plataforma nesta quarta-feira (25) com a migração de agendamentos de pacientes e liberação de ofertas para agendamentos. A transferência de todos os dados, como solicitações de leitos, internações e liberações de autorizações, acontecerá até 1º de outubro.

SISTEMA – O treinamento e a capacitação dos profissionais da área para a operacionalidade do novo sistema acontece desde junho, com apoio da Escola de Saúde Pública do Paraná, que preparou aulas em ambientes virtuais e o manual com o passo a passo sobre as funcionalidades da ferramenta.

“Também estamos reduzindo despesas com a utilização da expertise e plataforma de ensino a distância da Escola de Saúde Pública para o treinamento da equipe, sempre de acordo com a meta da atual administração de agregar qualidade e visão inovadora à gestão”, destacou o diretor-geral da secretaria estadual, Nestor Werner Junior.

Segundo ele, este é um grande passo que a secretaria dá em sua organização como prestadora de serviços à população. “É o primeiro de vários outros passos que daremos em relação à inovação, ao uso da tecnologia no dia a dia da Sesa”, disse.

TESTES – O diretor-geral explicou ainda que várias operações estão sendo feitas junto à Celepar para testar a ferramenta em diferentes contextos. “É um sistema que envolverá toda a regulação de leitos, consultas e procedimentos do Estado e, por isso, os testes são importantíssimos. Tudo está funcionando de acordo, mas como se trata de uma grande mudança precisamos também prever um período de estabilização, de um mês a partir da implantação, e de seis meses para ajustes finos”.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER