Rota do Rosário: Emoção e fé em 600 km de peregrinação



O Padre Celso Miqueli e mais dois peregrinos de Mato Grosso do Sul foram recepcionados por fiéis na Paróquia São João Batista, em Arapoti, com muita festa e celebração. Eles passaram 14 dias percorrendo a pé 600 km que fazem parte da Rota do Rosário, que integra os Campos Gerais e o Norte Pioneiro. A chegada na sexta-feira (27) foi marcada por fortes emoções: a alegria e a devoção reluziam sobre a dor e o cansaço.

Padre Celso e os religiosos Valdir, do município de Mundo Novo/MS e Roque, de Japorã/MS, tiveram a árdua missão de mapear o trajeto percorrendo 16 municípios e 12 santuários da Rota do Rosário, desbravando o caminho por estradas rurais para identificar a estrutura existente e quais as dificuldades que os peregrinos podem enfrentar. “Queremos vivenciar a Rota para podermos identificar os atrativos, pontos de descanso e alimentação que existem hoje, disponíveis aos romeiros que queiram passar pela experiência. Além disso, o roteiro deve fomentar e oportunizar aos pequenos produtores e famílias das zonas rurais uma renda extra, seja comercializando um produto artesanal, ou oferecendo refeições e pousadas”, explica Padre Celso que é Coordenador da Rota do Rosário e pároco em Arapoti. 


“É uma limpeza na alma”, conta o comerciante Valdir que enfrentou pela primeira vez uma peregrinação. “Contemplamos a natureza, rezamos e meditamos relembrando toda a nossa vida. Além disso, levo comigo as histórias que ouvimos e a acolhida das pessoas que encontramos pela estrada. É uma experiência única”, disse.

TEXTO E FOTOS: NICOLE CHIARADIA.

















Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER