PRESIDENTE DA CÂMARA DIZ QUE PREFEITA FICA MAIS EM CURITIBA QUE EM SEU GABINETE.


A 29ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Arapoti foi conturbada do inicio ao fim. Toda a polemica foi gerada pelo empréstimo de 10 milhões de Reais, que segundo informações a maior parte seria para a pavimentação do Jardim Aratinga. 


É claro que a maioria dos vereadores não colocaria em risco a reeleição votando contra o projeto. Mas como disse o Vereador Divair “O maior problema não é o empréstimo, mas a forma como as coisas vêm sendo feita por esta administração”. Divair apresentou documentos comprovando que o contrato com o “PARANÁ CIDADE” já havia sido aprovado e não havia necessidade do empréstimo de 10 milhões para o famoso “Asfalto do Aratinga”. Segundo o vereador, a prefeita omitiu esta informação e forçou os moradores do Bairro a irem até a câmara pressionar, para que os vereadores a votassem em favor do empréstimo. Como não havia mais necessidade do dinheiro para asfalto do Aratinga, Divair tentou diminuir o valor do empréstimo, mas na hora da votação foi derrotado. 


O Presidente da casa, Marineo Ferreira não sabia que o contrato com o Paraná Cidade estava aprovado, e só era necessário que a prefeitura encaminhasse o projeto para a liberação do dinheiro, disse que ele só é da situação quando dependem dele, mas quando e para passar informações de interesse publico não serve. E afirmou que está cansado de procurar a prefeita em seu gabinete e ela sempre estar viajando. Que ultimamente ela para mais em Curitiba, que na prefeitura. 


Mesmo com muita discussão o empréstimo foi aprovado, mas o dinheiro terá outro destino, talvez para comprar o terreno ao lado do Colégio João Paulo II, para que a COHAPAR possa fazer a tão sonhada casa para a população que precisa urgente de moradia.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER