CAPAL assume indústrias cafeeiras no Paraná.

Investimento atende demanda dos cooperados; unidades comercializam mais de 150 mil sacas por ano


A CAPAL assumiu o controle das cafeeiras São Carlos e Benetti Coffee, com matriz no município de Pinhalão (PR). Atualmente, a produção média dessas unidades é de 150 mil sacas por ano, mas a expectativa é chegar a 250 mil. As unidades têm filiais no bairro Lavrinha (Pinhalão) e nos municípios de Siqueira Campos e Carlópolis, ambos no Paraná.

O presidente-executivo da cooperativa, Adilson Fuga, está bastante otimista com o mercado e com este novo negócio. “Excelente para os cooperados que já são atendidos pela Capal com assistência técnica e insumos, pois agora vamos atender toda a cadeia do café. Acredito em crescimento significativo nesse segmento e já estamos estudando investimentos para ampliação da indústria”, afirma Fuga.

A entrada na indústria de café estava nos planos da cooperativa há algum tempo, já que parte dos cooperados produz o grão e demanda por comercialização. Hoje são mais de 250 cafeicultores associados nos estados do Paraná e de São Paulo, com área plantada de 5.040 hectares.

As cafeeiras beneficiam as marcas Benetti, Robusto, Café Caçulla e Jucafé, com torrefação de 432 mil quilos por ano. A expectativa da CAPAL é, em um primeiro momento, saltar para 800 mil quilos/ano e, depois, 1,8 milhão de quilos.

A cooperativa já produz ração para bovinos, suínos, aves e cães, além de sementes. Com a Unium, sistema de intercooperação que integra também as cooperativas Frísia e Castrolanda, a CAPAL industrializa carne suína, trigo e leite.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER