Unidade da CAPAL em Taquarituba completa 10 anos de incorporação com investimento milionário

Unidade da CAPAL em Taquarituba completa 10 anos de incorporação com investimento milionário.


Região é a que mais tem associados e terá ampliação da estrutura; unidade reafirma a importância do sistema cooperativista para o desenvolvimento do município

A CAPAL divulgou recentemente que o faturamento da cooperativa ultrapassou R$ 1,4 bilhão, o maior da sua história. Mas esse número jamais seria alcançando sem a participação das suas 15 unidades. Uma delas, localizada em Taquarituba (SP), completa dez anos de incorporação pela CAPAL neste mês de junho.

Serão investidos na unidade R$ 25 milhões ainda em 2019.
Taquarituba é a unidade com maior número de cooperados, sendo um total de 530 dos mais de 3 mil que atuam em toda a cooperativa. A gerente da unidade, Joana Rocha Meira Hermenegildo, lembra que antes da incorporação o local (pertencia a outra cooperativa) era apenas uma estrutura antiga e pequena, não atendendo com satisfação os cooperados.

Entretanto, logo após adquiri-la, a CAPAL realizou investimentos, ampliando a área, reforçando o atendimento e melhorando a qualidade dos produtos. Até dezembro de 2019, Taquarituba receberá seu terceiro investimento em uma década, sendo que, neste último, serão revertidos R$ 25 milhões para a construção de cinco silos-pulmão, um armazém graneleiro, um secador, uma balança rodoviária, um sistema de expedição de grãos com balança de fluxo e uma área de apoio para os motoristas.

“O cooperativismo tem um ambiente promissor aqui na região e no Estado de São Paulo. Ele vem crescendo muito, mas tem um caminho muito bom ainda a percorrer. Antes, os produtores não acreditavam nela, algumas pessoas diziam que nunca se associariam a uma cooperativa. Porém, os mesmos que diziam isso, agora estão na cooperativa e têm muita confiança”, conta a gerente.

Joana destaca ainda que, frequentemente, é chamada para explicar sobre o cooperativismo até mesmo em municípios distantes de Taquarituba, em face da ótima reputação do sistema e os resultados positivos que chamam a atenção.

O cooperado Valentim Luiz Righeto viu de perto a transição da antiga cooperativa para a CAPAL. Ele planta 200 hectares de soja e milho, além de produzir 4,5 mil litros de leite por dia com suas 240 vacas da raça holandesa.

“A incorporação representou uma grande mudança para a região. Houve um forte investimento inicial, melhorando as condições de atendimento ao cooperado, a aquisição de insumos, a assistência técnica. Todo o atendimento, depois da CAPAL, aconteceu com base em pesquisa, fundamentado, junto à Fundação ABC”, explica.

Ganho regional
A importância da unidade da CAPAL em Taquarituba envolve tanto os investimentos quanto a profissionalização, tecnologia e melhoria da capacidade técnica dos produtores rurais da região.

Prefeito do município, José Clovis de Almeida destaca que a unidade da CAPAL é uma das maiores empresas de Taquarituba e lembra da mudança com a cooperativa assumindo a gestão.

“A unidade de Taquarituba mudou da água para o vinho com a incorporação feita pela CAPAL. Ela trouxe ganhos enormes para a nossa terra. A CAPAL tem contribuído muito para o agronegócio local, com investimentos, trazendo tecnologia, insumos e assistência técnica para a região”, ressalta o prefeito

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER