Na tarde de terça, 05, os policiais civis e militares agiram rápido e esclareceram um furto ocorrido no Distrito Industrial. A moradora havia saído com a filha para ir até o hospital, e ao retornar para a casa, se depararam com a porta arrombada e deram falta de uma TV 42”. 

A proprietária chamou a polícia. Pouco tempo depois, através de informações e análises de imagens, os policiais esclareceram a autoria do furto e tomaram conhecimento de que um dos rapazes que participou do crime já havia vendido a TV para uma moradora da Vila dos Funcionários. 

Os policiais, Soldado Marcos e Soldado Everson, junto com o investigador Ângelo Simões, localizaram o endereço da compradora e recuperaram a TV furtada. A compradora admitiu ter comprado a TV por R$ 100,00 (cem reais) de um rapaz que foi na porta de sua casa oferecer-lhe. Acabou sendo presa pelo crime de receptação. 

Horas antes, os policiais militares já haviam recuperado outra TV furtada em dias anteriores. A Polícia alerta as população para que tenham cuidado e, sobretudo, consciência ao adquirir um produto com valor abaixo de mercado, Pois, por trás de um produto barato pode estar ocultado à origem criminosa. Além disso, o receptador está contribuindo para o sucesso de um crime que prejudica, e muito o próximo (real proprietário, que por vezes fez um grande sacrifício para adquirir honestamente seu bem). Neste caso, por exemplo, a proprietária havia adquirido a TV em 15 prestações, ou seja demorou mais de um ano para quitá-la honestamente. A última parcela tinha sido paga em dezembro de 2018.
Reações:

Postar um comentário

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top