Na tarde de terça, 05, os policiais civis e militares agiram rápido e esclareceram um furto ocorrido no Distrito Industrial. A moradora havia saído com a filha para ir até o hospital, e ao retornar para a casa, se depararam com a porta arrombada e deram falta de uma TV 42”. 

A proprietária chamou a polícia. Pouco tempo depois, através de informações e análises de imagens, os policiais esclareceram a autoria do furto e tomaram conhecimento de que um dos rapazes que participou do crime já havia vendido a TV para uma moradora da Vila dos Funcionários. 

Os policiais, Soldado Marcos e Soldado Everson, junto com o investigador Ângelo Simões, localizaram o endereço da compradora e recuperaram a TV furtada. A compradora admitiu ter comprado a TV por R$ 100,00 (cem reais) de um rapaz que foi na porta de sua casa oferecer-lhe. Acabou sendo presa pelo crime de receptação. 

Horas antes, os policiais militares já haviam recuperado outra TV furtada em dias anteriores. A Polícia alerta as população para que tenham cuidado e, sobretudo, consciência ao adquirir um produto com valor abaixo de mercado, Pois, por trás de um produto barato pode estar ocultado à origem criminosa. Além disso, o receptador está contribuindo para o sucesso de um crime que prejudica, e muito o próximo (real proprietário, que por vezes fez um grande sacrifício para adquirir honestamente seu bem). Neste caso, por exemplo, a proprietária havia adquirido a TV em 15 prestações, ou seja demorou mais de um ano para quitá-la honestamente. A última parcela tinha sido paga em dezembro de 2018.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top