REUNIÃO ENTRE SECRETÁRIO DE GOVERNO MUNICIPAL E MORADORES DE ÁREA INVADIDA NA VILA NOVA TERMINA SEM SOLUÇÃO.


Uma reunião entre alguns moradores da área invadida, próximo à Vila Nova, deslocaram-se até a prefeitura para falar com o Secretário de Governo, Jeovane Varella. Eles queriam resolver a situação da água e da luz que segundo eles, a Sanepar e a Copel não podem instalar nada, se a pessoa não tiver um documento de posse do terreno ou, no mínimo, um documento emitido pela prefeitura, autorizando tais instalações. 

O secretário Jeovane disse que isso também não é possível, pois senão a administração municipal responderia na justiça pelo ato. E que, o mais certo seria que os moradores fossem até o Ministério Público e pedissem que o mesmo autorizasse a prefeitura a emitir o documento para a Sanepar e para a Copel autorizando a instalação de água e luz nas residências da área onde residem. 

Na verdade, este imbróglio acontece também nas casas invadidas na Vila Santo Antônio, onde os invasores têm dificuldade em colocar luz e água. No início do ano a Copel desligou todas as unidades com instalações clandestinas deixando os moradores sem energia elétrica.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER