O plano de emergência da Vale da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), previa que o refeitório dos funcionários poderia ser atingido pela onda de lama em até um minuto, em caso de ruptura da estrutura de rejeitos. O local foi um dos primeiros a ser atingido após o colapso da barragem.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a Vale já sabia do rompimento da estrutura que a eventual tragédia poderia destruir, além do refeitório, a parte administrativa da empresa, e que os rejeitos poderiam alcançar até 65 quilômetros do ponto do acidente.

No Plano de Ações Emergenciais da barragem, a Vale simulou possíveis danos de um eventual desastre envolvendo a estrutura do Córrego do Feijão. Segundo a Folha de S. Paulo, no plano da empresa havia seis sirenes instaladas no entorno do complexo da mina, fora da área a ser inundada, e que soariam em caso de acidente.

Na hora da ruptura na última sexta-feira (25), no entanto, nenhuma sirene soou. Segundo o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, os equipamentos de alerta não tocaram porque foram engolidos pelo mar de lama.

Nesta sexta-feira (1º), a Vale afirmou que todas as suas barragens possuem plano de emergência com base em estudos técnicos em hipotéticos cenários de colapso.

De acordo com a empresa, o plano da barragem próxima a Brumadinho foi protocolada na prefeitura da cidade, e nas defesas civis municipal, estadual e federal entre julho e setembro de 2018.

Reportagem, Thiago Marcolini
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top