O governador Carlos Massa Ratinho Junior se reuniu com diretores da multinacional Mars Petcare nesta segunda-feira (11) para discutir detalhes de um novo investimento da companhia em Ponta Grossa na região dos Campos Gerais. A empresa, líder mundial na produção de alimentos para cães e gatos, investirá R$ 120 milhões na instalação da segunda unidade no município. Cerca de 100 empregos diretos e indiretos serão gerados.

Ratinho Junior destacou a importância do investimento para a cidade e para o Paraná, ressaltando que a nova planta se soma aos R$ 165 milhões que a multinacional aplicou para erguer a primeira unidade. A geração de emprego também é um fator destacado pelo governador.

Segundo o governador no primeiro mês de gestão cerca de 40 empresas de grande porte apresentaram projetos para instalar unidades no Paraná. “Estamos criando um ambiente de negócios favorável para o Estado”, disse Ratinho Junior.

Ele lembrou que na última semana cerca de 100 investidores estiveram reunidos em Curitiba no Paraná Day, evento inédito no País realizado em Curitiba pela XP Investimentos. “Tivemos a oportunidade de apresentar o Paraná para o País e o mundo”, afirmou.

EXPORTAÇÃO - A nova unidade da Mars vai industrializar produtos semi-manufaturados e terá foco na exportação. O presidente da empresa, José Carlos Rapacci, declarou o motivo de ter escolhido novamente o Estado. “O Paraná e a cidade de Ponta Grossa oferecem condições de mercado consumidor, formação de mão-de-obra, elementos favoráveis para os nossos investimentos”, disse.

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, agradeceu a parceria com o governo estadual para que a empresa Mars se fixe na cidade. “O governo do Estado é o principal parceiro de Ponta Grossa”, declarou.

Para o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, a localização estratégica de Ponta Grossa e o envolvimento do poder municipal na articulação com a iniciativa privada têm rendido dividendos para a região de Campos Gerais.
Reações:

Postar um comentário

" Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top