A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho alinhou na tarde desta terça-feira com diversos órgãos governamentais e da sociedade organizada as ações integradas de fiscalização e conscientização durante o Carnaval. A deflagração da Força-Tarefa infância Segura será na manhã de quinta-feira, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Curitiba, e se estenderá durante todo o feriado, de acordo com reunião realizada na tarde desta terça no gabinete do secretário Ney Leprevost, no Palácio das Araucárias. 

Participaram, além da Sejuf, as secretarias de Segurança Pública, de Saúde e de Educação; polícias Civil, Militar e Científica; Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu); Poder Judiciário; Ministério Público; Defensoria Pública; Conselho Tutelar; Fundação de Ação Social (FAS) e OAB-PR. “Essa integração é fundamental, e por isso gostaria de agradecer a presença de todos vocês. Essas ações iniciais são apenas um ‘piloto’ da Força-Tarefa, mas é só a primeira fase. Vamos ter ações durante o ano inteiro, focadas principalmente na violência contra a criança e na pedofilia, que é o crime que hoje mais preocupa a sociedade”, disse o secretário.

Na quinta-feira (28/02) haverá a deflagração da Força-Tarefa no Quartel do Comando Geral da PM, com a participação de alunos de colégios, seguida de blitz educativas. Na sexta (01/03) e no sábado (02/03), equipes integradas farão a fiscalização em bares e locais de aglomeração popular para tentar detectar crianças e adolescentes em situação de risco no Carnaval – seja pelo acesso a álcool e drogas, exposição a conteúdos impróprios ou mesmo trabalho infantil. Também haverá fiscalização e ações de conscientização durante o desfile das escolas de samba no Carnaval curitibano, na Av. Marechal Deodoro. O efetivo da PM será reforçado nesses dias, bem como o atendimento de plantão da Polícia Civil no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria). As autoridades policiais já estão integradas também com os conselheiros tutelares, promotores e juízes de plantão no feriado para dar andamento imediato a denúncias e flagrantes.

“Estamos no caminho certo. Hoje vi na TV um apelo do papa Francisco a toda a Igreja conclamando para o combate à violência contra a criança. E com o apoio de todos vamos proteger as crianças paranaenses de qualquer tipo de abuso ou violência”, finalizou o secretário.
Reações:

Postar um comentário

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top