A Polícia Civil de Arapoti prendeu três pessoas por envolvimento no homicídio que vitimou um comerciante na cidade conhecido por Keko. Uma mulher de 21 anos e um homem de 37 foram presos, além de um adolescente de 17 anos apreendido. O caso gerou muita comoção na cidade.Por ele ser uma pessoa bem conhecida e também pela crueldade que foi empregada na execução do crime.

Keko era Proprietário da loja (KEKO MAX) onde vendia produtos importados no centro da cidade.


O Voz do Povo teve acesso a informações que levam a crer em um crime passional. Segundo o que apuramos a vítima mantinha um caso com a mulher, esta mesma mulher mantinha um romance com o suposto autor do crime (Não foi julgado ainda) que é menor (17). Este se sentindo traído se vingou de Keko lhe tirando a vida no ultimo dia 29/12. O crime aconteceu em frente a UBS Santa Rita no Jardim Aratinga. 


Na verdade ainda falta alguns pontos que ainda deixam duvidas, e que com certeza o delegado vai esclarecer: Alguem levou a vitima até o local onde seu corpo foi encontrado? Qual foi a participação da mulher no Crime? Qual a participação do homem de 37 anos?


Tudo sera esclarecido em uma coletiva a imprensa que será dada nesta quinta-feira (10) as 13H30MIN, pelo delegado Dr. Gumercindo
Reações:

Postar um comentário

 
Top