ESPECIAL: Reformulados para 2019, quatro grandes sonham com título paulista.


Por Raphael Costa
Muitos dizem que os campeonatos estaduais já estão ultrapassados e só atrapalham o calendário do futebol brasileiro. O fato é que, em estados como São Paulo, esses torneios acirram ainda mais as rivalidades regionais. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo que o digam.

Visto por muitos como o estadual mais equilibrado do país, o Paulistão deve se resumir, em 2019, à tentativa dos rivais de bater o Corinthians, atual bicampeão e maior vencedor da história.
Para 2019, o Timão chega esperançoso. Isso porque o alvinegro conta com reforços importantes. O primeiro deles ficará no banco de reserva. Comandante dos principais títulos nos últimos anos, o técnico Fábio Carille está de volta para comandar a equipe após passagem sem brilho no futebol árabe.

Além do retorno de Carille, a contratação do atacante Boselli, de 33 anos - que veio do León, do México - enche a Fiel de esperança. Típico camisa 9, o argentino é lembrado até hoje no Brasil por ter sido carrasco do Cruzeiro na final da Libertadores de 2009. Outros reforços que lutam por titularidade, como os meias Ramiro, Richard, Sornoza, o zagueiro Manoel e o atacante Gustagol, também desembarcam em Itaquera.

Já o Palmeiras começa mais um ano com altas expectativas por conta do título brasileiro e do poderio financeiro. Um dos times mais ricos do país na atualidade, o Palmeiras manteve a base do time que levantou a taça do Brasileirão no ano passado sob o comando de Felipão. Para delírio da torcida, o Verdão ainda trouxe, por empréstimo, o atacante Ricardo Goulart, que fez sucesso nas últimas temporadas no futebol chinês.

Também chegam para reforçar o badalado elenco palmeirense os meias Zé Rafael e Raphael Veiga, os atacantes Arthur, Carlos Eduardo e Yan Sasse, além do volante Matheus Fernandes.
Sem conquistar um Paulista desde 2008, a seca incomoda a torcida alviverde. Apesar de não ser a maior obsessão de conquista no ano, ganhar o Paulistão seria uma forma de mostrar força em nível estadual. E quem pode ajudar a equipe nessa missão é Dudu, camisa sete e capitão da equipe. O atacante é ídolo da torcida e uma das referências técnicas da equipe.

No São Paulo, o ano de 2019 começa com mudanças. Depois de flertar com o rebaixamento e fazer campanhas abaixo do esperado nos últimos anos, o Tricolor se reforçou e deve dar trabalho aos rivais nas competições que disputar na temporada, a começar pelo Campeonato Paulista.

Além de contratar o atacante Pablo, que estava no Atlético Paranaense, o time do Morumbi trouxe de volta o "profeta" Hernanes, ídolo da torcida e uma das principais peças na luta contra o rebaixamento em 2017. Sem vencer o Paulista desde 2005, o São Paulo é, entre os grandes, que está há mais tempo na fila. Para quebrar o jejum, a equipe terá que superar, além dos adversários, a desconfiança da torcida sobre o técnico André Jardine.

Menos badalado entre os quatro grandes, o Santos aposta na experiência do técnico argentino Jorge Sampaoli para voltar a ser campeão. Sem Gabigol, o time da Baixada aposta suas fichas no meia uruguaio Carlos Sánchez e em Yeferson Soteldo, meia venezuelano recém-contratado e que vestirá a camisa 10.

A temporada marca a despedida de Rodrygo, jovem promessa já vendida para o Real Madrid e que se apresenta no meio do ano ao gigante espanhol. Apesar do elenco mais modesto em comparação aos rivais, o Peixe está acostumado levantar canecos em São Paulo nos últimos anos. Prova disso é que de 2009 a 2016 a equipe esteve em todas as finais do torneio, levantando a taça em 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016.

Times de menor expressão, como Ponte Preta, Guarani e São Caetano, correm por fora e tentam derrubar a hegemonia dos quatro grandes. O último pequeno a aprontar em São Paulo foi o Ituano, campeão estadual em 2014.


Em 2019, o Paulista seguirá a mesma fórmula dos últimos anos: quatro grupos com quatro equipes. Os times de cada chave jogam entre si e os dois melhores colocados avançam para as quartas de final. Equipes do mesmo grupo não se encaram na fase eliminatória.

Santos e São Paulo estreiam em casa neste sábado (19). O Peixe encara a Ferroviária, enquanto o Tricolor Paulista recebe o Mirassol. No domingo (20), é a vez de Palmeiras e Corinthians. Fora de casa, o Verdão enfrenta o RB Brasil, e o Timão joga diante de sua torcida contra o São Caetano.

Postar um comentário

1 Comentários

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER