“O Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã".

'Menino veste azul e menina veste rosa'. Essas palavras foram ditas por Damares Alves, em vídeo que circula, nesta quinta-feira (3), em redes sociais. A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro, comemorou o que chamou de “uma nova era no Brasil”.

No vídeo, Damares está rodeada de apoiadores, no que parece ser a cerimônia que a empossou como ministra do atual governo, realizada na quarta-feira (2). No momento da fala, Damares pede a atenção do público. 

“Atenção, atenção! É uma nova era no Brasil. Menino veste azul e menina veste rosa! (aplausos)”

A ministra, que também é advogada e pastora evangélica, expressou sua fé ao ser efetivada no primeiro escalão do governo Bolsonaro. No discurso durante a transmissão de cargo, ela afirmou: “O Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã".

Entre as polêmicas que envolvem a futura gestão de Damares à frente do ministério Mulher, Família e Direitos Humanos, está a possibilidade da criação de um auxílio financeiro para mulheres que decidirem não interromper a gravidez, mesmo vítimas de estupro. A proposta foi apelidada de "bolsa estupro".

Em entrevista ao jornal ‘O Globo’, nesta quinta, a advogada Angela Gandra Martins, que assumirá a Secretaria da Família do ministério de Damares, disse que será preciso diálogo para levar a proposta adiante, mas segundo ela, “tudo que viabilize a vida tem que ser bem-vindo”.

Reportagem, João Paulo Machado
Reações:

Postar um comentário

 
Top