Nos últimos dias de 2018 aconteceu a leitura dos relatórios referentes às denúncias feitas pelo ex-vereador Giovane Aparecido Carneiro contra os vereadores Ricardo Rodrigues Pedroso e Joel Batista Melo. 

A reportagem do Voz do Povo teve acesso à ata da reunião na qual, após a leitura do relatório, decidiu-se arquivar tanto o processo do Vereador Ricardo, quanto o do vereador Joel. 

No caso do vereador Ricardinho, o relator Victor Arthur Gomes Brondani foi favorável ao arquivamento do processo. Os vereadores Silvio Lopes e Nelson Aguiar também foram favoráveis ao arquivamento. 

No caso do vereador Joel, o relatório, dizia que era para dar seguimento a denuncia no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, mas o presidente do conselho, vereador Silvio Lopes e o membro vereador Nelson Marcolino Aguiar foram contra o parecer do relator e arquivaram esse processo também. 

O que a população precisa entender é que o processo de cassação do vereador Giovane é uma coisa e outra coisa são as denúncias que ele está fazendo. Ele pode ter errado sim, mas também, pode saber de coisas que nós não sabemos e, por esse motivo, acreditamos que essas denúncias deveriam ser mais bem averiguadas. Assim que encerrar o recesso parlamentar, o Conselho de Ética irá colocar em pauta as denúncias do ex-vereador Giovani contra o atual presidente da Casa de Leis, vereador Marineo Ferreira, como também contra o vereador Victor Brondani. Vale ainda relembrar que há denúncia da cidadã Mayara Cristiane contra o Vereador afastado Wesley Carneiro Ulrich “Lelo”, que por sinal continua recebendo o subsídio de vereador, mesmo afastado.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top