O ano letivo está chegando ao fim e com isso vem aquele momento preocupante e questionador para os responsáveis: trocar ou não o filho de escola?

Pensando na importância da escolha da instituição de ensino para o desenvolvimento das crianças, o Voz do Povo  aponta alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora da decisão.

1 - Verifique a proposta pedagógica
A questão mais importante na hora de escolher a escola certa para o seu filho é avaliar a proposta pedagógica. Assim, você terá a oportunidade de conhecer a filosofia, o que ela prioriza, as formas que ensina e os sistemas de avaliação.

2 - Análise da equipe
Na visita à instituição de ensino, observe como os alunos são tratatos pelos colaboradores. Pergunte para a direção e coordenação quanto à experiência, currículo e se existe algum programa de capacitação e aprimoramento pedagógico do corpo docente.

3 - Atividades diferenciadas.
Atualmente, a maioria dos pais não possui disponibilidade para levar e buscar as crianças em muitas atividades ao longo do dia. Verifique se a escola disponibiliza para os alunos um programa bilíngue, esportes, tecnologia, educação financeira, emocional, entre outros.

4 - Interação entre escola e família
É imprescindível que a escola crie estratégias para auxiliar a família na compreensão e acompanhamento do processo de ensino-aprendizagem do filho por meio de uma boa comunicação online e off-line, atividades com a família na escola, apresentações e palestras.

5 - Referências
Busque referências e indicações com outros pais e alunos. São eles que estudam na instituição, portanto, poderão falar com mais sinceridade os aspectos positivos e negativos da escola.

6 - Estrutura
Conhecer o local onde seu filho estudará é muito importante antes de tomar uma decisão. Verifique a sala de aula, refeitório, banheiros, quadra e outros ambientes.

7 - Decisão
Somente depois de analisar com todo o cuidado as questões anteriores, tome a decisão e escolha a escola que melhor se enquadre no perfil da educação que voce deseja para seu filho.
Reações:

Postar um comentário

 
Top