O ano letivo está chegando ao fim e com isso vem aquele momento preocupante e questionador para os responsáveis: trocar ou não o filho de escola?

Pensando na importância da escolha da instituição de ensino para o desenvolvimento das crianças, o Voz do Povo  aponta alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora da decisão.

1 - Verifique a proposta pedagógica
A questão mais importante na hora de escolher a escola certa para o seu filho é avaliar a proposta pedagógica. Assim, você terá a oportunidade de conhecer a filosofia, o que ela prioriza, as formas que ensina e os sistemas de avaliação.

2 - Análise da equipe
Na visita à instituição de ensino, observe como os alunos são tratatos pelos colaboradores. Pergunte para a direção e coordenação quanto à experiência, currículo e se existe algum programa de capacitação e aprimoramento pedagógico do corpo docente.

3 - Atividades diferenciadas.
Atualmente, a maioria dos pais não possui disponibilidade para levar e buscar as crianças em muitas atividades ao longo do dia. Verifique se a escola disponibiliza para os alunos um programa bilíngue, esportes, tecnologia, educação financeira, emocional, entre outros.

4 - Interação entre escola e família
É imprescindível que a escola crie estratégias para auxiliar a família na compreensão e acompanhamento do processo de ensino-aprendizagem do filho por meio de uma boa comunicação online e off-line, atividades com a família na escola, apresentações e palestras.

5 - Referências
Busque referências e indicações com outros pais e alunos. São eles que estudam na instituição, portanto, poderão falar com mais sinceridade os aspectos positivos e negativos da escola.

6 - Estrutura
Conhecer o local onde seu filho estudará é muito importante antes de tomar uma decisão. Verifique a sala de aula, refeitório, banheiros, quadra e outros ambientes.

7 - Decisão
Somente depois de analisar com todo o cuidado as questões anteriores, tome a decisão e escolha a escola que melhor se enquadre no perfil da educação que voce deseja para seu filho.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top