Grupo conta com 876 produtores cooperados em 25 unidades, distribuídas pelo Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Recursos serão repassados pelo BRDE e Banco ABC no âmbito do Prodecoop


A Diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 125 milhões para a Castrolanda Cooperativa Agroindustrial. Os recursos serão aplicados na implantação de uma fábrica de leite em pó anexa a uma unidade de beneficiamento de leite já existente, em Castro (PR), e em uma unidade de produção de leitões, em Piraí do Sul (PR).

Com capacidade de produção de três toneladas por hora, a nova fábrica deve ser inaugurada em agosto de 2019. O investimento possibilitará ainda a ampliação em 5% da produção de creme de leite. Já a unidade de leitões, que deve ser estar pronta em janeiro de 2019, terá capacidade de alojamento de 6.500 matrizes e seguirá orientações de bem-estar animal. Os dejetos gerados serão tratados e utilizados como biofertilizante para a produção agrícola. 

Os recursos do BNDES serão repassados pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Banco ABC no âmbito do Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária. 

O apoio do BNDES favorecerá o aumento ganho de eficiência e a ampliação da capacidade produtiva da Castrolanda. Além disso, contribuirá para a geração e distribuição de renda no campo para os associados, colaboradores e parceiros da cooperativa. 

A empresa – Fundada em 1951 por 50 famílias que se dedicavam à produção de leite, a Castrolanda conta com 2.304 funcionários e 876 produtores cooperados em 25 unidades, distribuídas pelo Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Além de atuar no setor lácteo e de carnes, ela conta com uma unidade de feijão e uma fábrica de rações e de produtos agrícolas. 

Cooperativas – Dirigido a cooperativas, produtores cooperados e federações ou confederações de cooperativas, o PRODECOOP é um programa do BNDES voltado a projetos de investimento na produção agropecuária, agroindustrial, aquícola ou pesqueira.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top