Com a chegada do período das chuvas, a atenção no trânsito deve ser redobrada. Com as pistas molhadas, os carros que trafegam por ali que não estiverem em condições apropriadas para essa situação podem ameaçar a segurança do motorista e dos passageiros. Por isso, é importante estar em dia com a revisão do veículo para afastar as possibilidades de acidentes. Se não sabe por onde começar, fique atento às dicas do diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, Glauber Peixoto.

“O primeiro ponto importante é analisar se o seu veículo está com os pneus em condições para que a gente tenha realmente uma condição melhor dirigibilidade, como fazer curvas, com frenagens. Além disso, sistema de iluminação do veículo tem que estar completamente em condições para melhorar a visibilidade do veículo e também para poder ver melhor as situações adversas no trânsito em período de chuva. É importante, também, verificar o limpador do para-brisa, porque muitas vezes ele está ressecado e não está no seu perfeito funcionamento”.

E se você acha que a segurança no trânsito está apenas na revisão dos equipamentos do veículo, é melhor saber que a forma de dirigir pode evitar um acidente. É o que nos explica o diretor de Fiscalização de Trânsito Glauber Peixoto.

“Também é importante ressaltar as regras de direção defensiva como, por exemplo, a distância de segurança. A gente tem que observar uma distância maior do que a distância é normal para pista seca e a velocidade da via. Muitas vezes a velocidade máxima da via em período de chuva ela pode ser alta. Então é importante que o condutor observe a velocidade do tráfico, observe as situações de distância do condutor que vai à frente para se evitar acidentes que infelizmente são muito comuns neste período”.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), os acidentes rodoviários matam quase um milhão e meio de pessoas todos os anos, por todo o mundo. Então todo cuidado que você adotar é, também, uma medida de segurança para as pessoas ao seu redor. 

Reportagem, Janary Damacena.
Reações:

Postar um comentário

 
Top