O número de casos de Sarampo no Brasil foi atualizado. De acordo com o repasse de informações de estados e municípios, até o dia 17 de julho, foram confirmados 444 casos de sarampo no Amazonas e 216 em Roraima, que são os estados mais atingidos pela doença. Além disso, São Paulo e Rondônia apresentam um caso cada, o Rio Grande do Sul confirma oito e o Rio de Janeiro tem sete casos. Apesar disso, neste momento, a prioridade da vacinação é para crianças, que são mais frágeis à doença. Por isso é importante guardar a carteira de vacinação atualizada, mesmo depois de adulto, como explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

“É importante a gente chamar atenção da população adulta, que ela deve guardar só caderneta de vacinação. Temos visto muitas vezes é que a população adulta é vacinada mas ela perde a caderneta de vacinação e ela acaba não sabendo se foi vacinado e acaba sendo vacinado novamente cada vez que se fala da doença. Ela é um documento tão importante de ser guardado quanto a Certidão de Nascimento, a Certidão de Identidade e a Carteira de Motorista”. 

O sarampo é infeccioso e extremamente contagioso, que pode até mesmo levar à morte. Então, para evitar a doença será realizada uma Campanha Nacional de Vacinação contra, prevista para ser realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia D no sábado, 18 de agosto. Os detalhes serão divulgados mais próximo à data do lançamento da campanha. Para mais informações, acesse www.saude.gov.br/sarampo

Reportagem, Janary Damacena.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top