Bom, já sabemos quem é o campeão do mundo, tivemos a nossa decepção, com a seleção brasileira eliminada precocemente; agora é a hora voltar os olhares para o nosso futuro. 

As eleições! Mas gostaria de comentar, alguns pontos que parece não estar bem claro na cabeça da maioria das pessoas; alguns por ignorância, outros por levarem vantagens com a situação.

O político depois de eleito é uma autoridade e acha que está imune às cobranças e críticas. Na verdade, todas as pessoas que estiverem no seu setor de trabalho, merecem o nosso respeito e do empregador merecem o reconhecimento financeiro pelo bom desempenho da função. 

No setor privado quando o funcionário não produz o patrão o demite (manda embora como costumamos falar). Com os políticos deveríamos fazer o mesmo. Demitir aqueles que não estão produzindo; pois, são eles que falam, que todo poder emana do povo e que eles são nossos funcionários.

Mas na realidade não é bem assim, a demissão dos políticos, tem aviso prévio de quatro anos. Não é justo ter que engolir um funcionário que não esta produzindo por quatro anos! Outra coisa que seria o ideal, é que o aumento do salário dos políticos deveria ser decido em plebiscito ou no mesmo dia, das eleições nas urnas; Se eles são empregados do povo, então o povo que decida o quanto eles devem ganhar. 

# fica a dica!


Quem é Osmair A. da Silva.

O Osmair trabalha com refrigeração a quase 40 anos, reside em Arapoti a 33 anos, e esteve sempre atuante na vida política do município; foi presidente da A.P.M. do Telêmaco Carneiro, participou como membro da A.P.M do Rui Barbosa, participou do conselho municipal que criou o conselho tutelar, foi um dos fundadores da associação de moradores Vilas Unidas, que corresponde aos bairros do Burrinho, Vila Katia, Vila Rudy e Jardim Alphaville, participou da fundação do Lar do Idoso e a criação do seu estatuto; Hoje participa do FUNDEB que é o conselho que fiscaliza os recursos da educação básica e participou da Elaboração do “plano de Educação” que vai vigorar para os próximos anos.
Reações:

Postar um comentário

 
Top