Julho é o mês em que, geralmente, os pequenos estão de férias aproveitando cada segundo. Mas a maioria dos pais não consegue sair da rotina para acompanhar os filhos, o que os deixa preocupados. Afinal: como fazer para gastar a energia das crianças sem poder viajar ou passar muito tempo fora de casa? A psicóloga e psicopedagoga, Cibele Vogel, dá algumas dicas.

“Eu gosto muito da caixa da criatividade a gente pega uma caixa dessas grandes de plástico, coloca tinta, papelão, canudinho...E definimos um tema. Desse tema nós vamos criar uma obra de arte. Outra coisa é fazer sessão cinema né sessão pipoca em casa. Outra coisa que as crianças curtem muito é fazer piquenique. Se não pode ser fora de casa, a gente traz o piquenique para dentro de casa. Uma outra interessante: receitas que as crianças podem fazer - então a gente brinca de mestre cuca. Dá pra brincar de amarelinha no tapete da sala…”.

Mas nada disso é só pra bagunçar a casa! Além de gastar energia, as brincadeiras ajudarão no desenvolvimento cognitivo e emocional. É o que explica a psicopedagoga.

“Tudo isso faz parte de um desenvolvimento motor...Junto da atividade, a gente trabalha questões importantes de organização, de limpeza, de limite - a partir do momento que você define onde a brincadeira vai acontecer, os cuidados que a gente tem que ter e os combinados estabelecidos”.

Vale lembrar que em todos os momentos, a atenção precisa ser redobrada para evitar acidentes. E se você quiser saber mais sobre como prevenir essas situações acesse no Podcast de Emergências Infantis no site saude.gov.br.

Reportagem, Aline do Valle.
Reações:

Postar um comentário

 
Top