O pessoal que trabalha no Auto Posto Hulk encontrou uma criança dois a três anos de idade perambulando sozinha pelo pátio do posto.
 
Karen foi junto com o Conselheiro entregar a menina na Casa Lar.

A criança estava sem blusa , apenas de vestido e toda cheia de xixi. O pessoal do posto a encaminhou até o restaurante onde a garçonete Karen deu sua própria blusa para vestir a menina, e lá ela foi alimentada e todo o pessoal do posto se revezou para cuidar da criança até que o conselho tutelar chegasse.

Karen cuidou da criança com muito carinho.

A principio não conseguiram contato com os conselheiros, então ligaram para a Polícia Militar e até no hospital, como não houve resposta satisfatória nossa reportagem entrou em contato direto com a assistente social da prefeitura Ângela Garcia, que é responsável pela CASA LAR e esta se prontificou tentar resolver a situação. 

Karen e todos os funcionarios questionando alguns pontos com o Conselheiro Tutelar Luiz Matheus

Depois de algum tempo o conselheiro de plantão Luiz Matheus Carneiro chegou ao local orientou os presentes, e levou a criança juntamente com a garçonete Karen, que fez questão de acompanhar a criança para ter certeza que ela fosse levada para um local onde estivesse em segurança. 

A criança foi encaminhada a Casa Lar pelo Conselheiro.

A criança foi encaminhada para a Casa Lar, onde foi acolhida. Posteriormente as assistentes sociais e os conselheiros buscam informações sobre os pais e a família, (de onde vieram, onde trabalham e oque fazem da vida) para só então devolver a criança ou encontrar um local seguro para ela ficar, onde será acompanhada durante algum tempo pelos conselheiros. No caso de hoje eles serão encaminhados para Sapopema, onde tem outros familiares que podem cuidar melhor da criança.
Reações:

Postar um comentário

 
Top