O Conselho da Comunidade entregou nesta segunda-feira (30) para a Cadeia Publica de Arapoti detectores de metal que irão auxiliar no trabalho dos agentes. A partir de agora Antes de visitar um preso será preciso passar pelos aparelhos. Além dos detectores em forma de raquetes que já conhecemos, agora, para evitar a entrada de armas e aparelhos celulares escondidos nas partes íntimas, foi entregue um equipamento que se parece com um banquinho. As pessoas sentam e caso tenham algum metal da cintura para baixo o sistema é acionado.
 

O detector de metais em formato de banco vai facilitar o trabalho das agentes do DEPEN que anteriormente era feito de uma forma constrangedora tanto para o parente do detento como para ao agente. No caso das mulheres, antes da visita íntima, além de passar pelos dois detectores elas serão vistoriadas de forma mais minuciosa. A medida é para evitar que elas entrem com drogas ou outros objetos introduzidos no corpo.







Reações:

Postar um comentário

 
Top