O desabastecimento causado pela paralisação dos caminhoneiros e a incerteza de quando isso vai acabar, é a justificativa dos comerciantes para aumentarem os preços dos produtos. Setores como mercados, postos de gasolina, distribuidores de gás entre outros sabem que esta pratica é ilegal conforme diz o PROCON; 

Como em nossa cidade não contamos com agencia municipal do PROCON, as pessoas que se depararem com situações como esta e se sentirem lesadas devem procurar o ministério publico para denunciar e se possível levar o cupom fiscal para comprovar o ato.
Reações:

Postar um comentário

 
Top