O sonho do Grêmio de reconquistar o mundo ficou pelo caminho. Em partida de pouca inspiração, o time de Renato Gaúcho não foi capaz de parar o poderoso Real Madrid, que venceu por 1 a 0 com gol de Cristiano Ronaldo. O craque português marcou em cobrança de falta no início do segundo tempo e garantiu o sexto título mundial dos merengues. Com o troféu levantado nos Emirados Árabes, o ano de 2017 é o melhor da história do clube espanhol, que conseguiu vencer a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol, a Supercopa da Europa, a Supercopa da Espanha e o Mundial de Clubes.

O gol anotado por CR7 contra o Grêmio rendeu ao português mais recordes: é agora o maior artilheiro da história dos Mundiais, ao lado de Pelé, com sete gols. Além disso, se tornou também o jogador que mais conquistou a competição: quatro vezes (2008, 2014, 2016 e 2017).

O registro negativo da partida ficou por conta da confusão entre torcidas. Antes de a bola rolar, tricolores e madridistas trocaram agressões na arquibancada do estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi. Não houve registros de briga após o jogo. A estimativa é que cerca de sete mil gremistas viajaram para apoiar o time no Mundial.

Reportagem, Tácido Rodrigues
Reações:

Postar um comentário

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top