Conselheiros do programa Leite das Crianças se reúnem em Curitiba.


Cerca de 80 conselheiros municipais do programa Leite das Crianças, dos 29 municípios da Região Metropolitana de Curitiba, reuniram-se nesta terça-feira (07), para trocar experiências e avaliar ações para o fortalecimento do programa. Foi o segundo encontro promovido pelo núcleo regional de Curitiba da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento.

Segundo o secretário Norberto Ortigara, o Governo do Paraná investe quase R$ 100 milhões, todo ano, no programa Leite das Crianças. “O montante não é pouca coisa e, por isso, o programa precisa estar sempre sendo aperfeiçoado e bem conduzido”, disse ele.

Em torno de 120 mil crianças, de todo o Estado, são atendidas pelo programa. São dois objetivos: combater a desnutrição infantil em crianças de 6 a 36 meses, de famílias mais vulneráveis, e incentivar a pecuária leiteira como atividade econômica. “Os resultados do programa são bons, graças ao entrosamento e integração dos conselheiros municipais, que têm um olhar diferente para as famílias mais vulneráveis”, disse Ortigara.

CONSOLIDAR - Cada criança cadastrada recebe um litro de leite por dia, enriquecido com ferro e vitaminas. Até setembro deste ano já haviam sido entregues 34 milhões de litros de leite. No ano passado inteiro, foram entregues 43,4 milhões de litros de leite, ação que garante a produção para os pequenos produtores e laticínios cadastrados.

“O programa ajudou o Paraná a consolidar sua posição de segundo maior produtor, com uma produção de 4,7 bilhões de litros anuais”, disse o secretário. A preocupação, agora, é trabalhar com mais intensidade para melhorar o padrão de qualidade do leite produzido no Estado, para que tenha mais teor de proteínas, mais gorduras.

RESGATAR - O programa é intersetorial porque conta com o apoio e execução de várias secretárias de Estado como as da Educação, Saúde e Família e Desenvolvimento Social. São várias áreas que se juntam para resgatar as famílias e melhorar os indicadores sociais do Estado. “O programa Leite das Crianças faz parte dessa estratégia, disse a representante da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, Letícia Reis, que é coordenadora do programa Família Paranaense .

Segundo ela, uma pesquisa feita pelo Ipardes mostrou que o trabalho da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social já conseguiu reduzir em 57% o grau de vulnerabilidade nas famílias atendidas pelo Governo do Paraná.

As secretarias da Agricultura e a da Família e Desenvolvimento Social atuam juntas no programa Renda para o Agricultor Familiar, que transfere renda adicional para agricultores atendidos pelo programa Bolsa Família.

Participaram do encontro, o chefe do núcleo regional da Secretaria da Agricultura, Edmar Leduc; o chefe do núcleo regional de Curitiba da Secretaria da Educação, Lourival de Araújo Filho, e a representante da Secretaria de Estado da Saúde, Andreia Cristine Perry.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER