PREFEITA NERILDA PENNA DIZ QUE NÃO CORTOU AS HORAS EXTRAS DOS TRABALHADORES; SÓ CUMPRIU O QUE FOI PEDIDO PELA CÂMARA EM SUA POSSE. - CUMPRIR A LEI.


A prefeita Nerilda Penna esteve na Câmara Municipal na noite desta quarta-feira (04) e falou durante a Sessão Extraordinária convocada pelo presidente da cassa Wesley Carneiro Ulrich, o Lelo e foi categórica em dizer que não cortou as Horas Extras e que simplesmente fez cumprir a lei.

Disse ainda que foi cobrada pela câmara de Vereadores para que cumprisse a lei durante a sua posse; e que se não fizesse cumprir a lei poderia estar sendo cobrada pela própria câmara, pelo judiciário e terminou dizendo que em seu mandato a lei vai ser cumprida.

Durante a palavra dos vereadores todos foram categóricos em dizer que o que foi trabalhado pelos funcionários tem que ser pago.

Marineo como motorista concursado da prefeitura foi além e levantou outras questões onde os funcionários são prejudicados e mais, disse que disso ninguém lembra como é o caso de divisão de horas em que são contratados para cumprir 160 horas por mês; mais que a divisão é feita sobre 200 horas e isso vêm prejudicando os trabalhadores. 

Ricardo disse que independente de qualquer coisa ele esta ao lado da classe trabalhadora.

Giovane Carneiro disse que não concorda da maneira como foi feito, pois oque não pode é simplesmente não pagar as horas sem nenhum aviso, colocando os trabalhadores em dificuldades.

O Vereador Vitor Brondani foi muito feliz em dizer que o que esta errado precisa ser concertado, mas também vendo o lado do trabalhador, que todos os secretários vejam o que foi trabalhado e que seja pago dentro da forma da lei. 

Durante a sessão a maioria dos vereadores se refere ao “corte das horas extras” e não a cumprir a lei como disse a prefeita. Outra coisa, A prefeita disse que o ponto fecha dia 15 de cada mês, e como ela assumiu dia 18; “CORTOU” horas trabalhada, e por a casa em ordem é no seu mandato. Ela tirou direitos adquiridos dos trabalhadores que deixaram suas casas e suas famílias para servir ao município no período em que o Braz comandava o município. 

Seria mais que normal assim que assumiu chamar os secretários e chefes de divisão e dizer que as horas extras não seriam pagas daquela forma mais; deu a ordem ao setor responsável e deixou os trabalhadores fazendo horas extras por mais doze dias depois que assumiu ciente de que não vai pagar as horas extras da mesma forma. Isso é ser justo? Isso é fazer a coisa certa? Isso é pura sacanagem!!!! Alguém tem outro nome para isso que foi feito com os trabalhadores?

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER