JAPIRA - PR



Para incentivar e contribuir com os produtores rurais japirenses, a prefeitura de Japira através da Secretaria Municipal de Agricultura, está desenvolvendo um Programa de incentivo à produção de silagem que será voltado aos produtores rurais, com o objetivo de viabilizar alimentação animal para ser utilizado no período de estiagem prolongada.

Com o milho no ponto, pequenas propriedades familiares não têm os equipamentos necessários para produzir a silagem. No Programa de incentivo a prefeitura fornece máquinas e tratores necessários para colheita do milho, produção e armazenamento da silagem.

Para o secretário da Agricultura Alex Blanco Cardoso o programa de incentivo à produção de silagem é extremamente importante, pois estimula a produção leiteira, uma das principais fontes de economia do município. “Daremos o suporte necessário ao homem do campo para produzir e se desenvolver cada vez mais. A demanda é grande, mas vamos agendar o atendimento para atender a todos”, disse o secretário.


A silagem é muito utilizada na pecuária leiteira para alimentação do gado na entressafra, quando as pastagens enfraquecem devido ao pastoreio intensivo e pela falta de chuvas. A técnica é baseada no corte da forragem, colocação no silo, compactação e proteção através de vedação com lonas plásticas. Os tipos mais conhecidos de silagem são as de milho e cana de açúcar. O produto fornece suporte imediato à alimentação das vacas leiteiras, mas o mais importante é seu papel na alimentação do gado no período da estiagem. O milho é o cereal mais indicado para a silagem, pois possui grande quantidade de nutrientes que os animais necessitam para a nutrição e produção do leite.

O trabalho será feito com agendamento na Secretaria da Agricultura através do telefone 43 3555-1034.

Edição: Mariza Oliveira
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top