Na verdade esse era um antigo pedido do VOZ DO POVO, que não via a necessidade de levar as pessoas de um determinado bairro para ouvir problemas dos outros e assistir situações como foi na "AUDIÊNCIA ITINERANTE" da Vila Romana (Foto) uma discussão sem precedentes entre o Presidente e o então vereador na época Claudinei José Moreira o "Todinho"; discussão essa que esvaziou o Salão Paroquial e a população foi embora sem falar de seus problemas.

Esperamos que desta vez se de prioridades para a fala dos moradores do bairro. Bem da verdade não é uma sessão itinerante que vai resolver os problemas de um determinado bairro; o ideal seria a câmara ajudar a fortalecer as associações de bairros, ouvir os presidentes das referidas associações e principalmente acompanhar esses presidentes para uma "CONVERSA" com o prefeito e mostrar a verdadeira necessidade de se resolver o problema, sem querer mandar no EXECUTIVO. Seria bem mais útil que essas "Sessões Itinerantes".  

Comunidade: Câmara muda formato e retoma Projeto Câmara Itinerante
TEXTO CÂMARA DE VEREADORES
O Projeto Câmara Itinerante será reativado pelo Poder Legislativo Municipal ainda nos próximos meses. A partir do Projeto de Resolução 110/2017 de autoria da Mesa Diretora, aprovado nesta segunda-feira (22), o Programa teve algumas alterações que prometem deixar as Sessões Itinerantes mais objetivas, com foco em temas de interesse da localidade e com maior participação dos moradores. Lançado em 2015, o Projeto que originalmente foi proposto pelo vereador Lelo Ulrich (PSD) tem a proposta de levar às comunidades urbanas ou rurais as Sessões Legislativas, com o objetivo de aproximar o Legislativo das comunidades, promover a participação popular e debater as demandas de cada localidade. 
Com a nova Resolução, as Sessões Itinerantes não terão mais natureza ordinária, mas sim serão extraordinárias. Segundo o vereador Divair, isto que dizer que nas reuniões junto à comunidade serão discutidos apenas temas e anseios relacionados a aquela localidade, e não mais Projetos de Lei orçamentários, por exemplo. “A Câmara Itinerante é um programa que proporciona uma forma privilegiada de aproximação com população, em especial nos bairros mais distantes da Sede da Câmara e de concretização da participação política direta. Com discussões de problemas comuns, trabalhando juntos, podemos encontrar alternativas e soluções consensuais e chamar a atenção da Prefeitura Municipal para o debate. Toda a comunidade está convidada a participar”, ressaltou o 1º Secretário, Divair da Silva (PV).
“A Câmara Itinerante é um instrumento de conscientização, participação política e de promoção da cidadania. O objetivo do projeto é incentivar e facilitar a integração entre cidadãos e o Poder Legislativo Municipal, popularizar os trabalhos da Casa e conhecer os anseios dos moradores de cada região”, diz o Presidente da Casa, Lelo Ulrich.
Conforme a Resolução, antes do início da Sessão, a população poderá se inscrever para participar, expondo seus pedidos, críticas ou sugestões aos parlamentares. As propostas da comunidade serão encaminhadas ao Executivo, ou aos órgãos competentes e as respectivas respostas serão publicadas no site da Câmara Municipal. 
As Sessões Itinerantes serão realizadas no mínimo três vezes por ano. Em breve a Câmara divulgará o calendário do projeto, com datas e locais a serem definidos.
Reações:

Postar um comentário

 
Top