APÓS REBELIÃO NA CADEIA PUBLICA DE ARAPOTI, SITUAÇÃO NÃO MUDOU EM NADA.


Após mais uma tentativa de fuga de presos nesta madrugada de Domingo (21), ficou claro que a situação da cadeia pública em Arapoti continua na mesma, “SUPERLOTAÇÃO”, e desde o inicio do ano as autoridades estão sendo alertadas de que a qualquer momento pode acontecer uma tragédia em virtude disso. 

Até quando vamos ver estas imagens

Na reportagem que fizemos durante a rebelião nos dias 21 e 22 de Abril do corrente ano, falávamos da falta de estrutura física da cadeia e da pequena corporação existente, na oportunidade comentávamos a inexistência do poder público no sentido amplo da palavra, e um mês depois acontece de novo, tentativa de fuga dos presidiários, e a visível falta de estrutura humana na cadeia em Arapoti. 

Imagem da rebelião dia 21/04

Mais uma vez parabéns aos policiais civis e militares que mesmo de baixo de chuva conseguiram evitar o pior; de longe e no escuro deu para perceber a presença do Ângelo e o Paulo da Civil e os militares Camargo e Laércio(Esse é inconfundível com sua cabeça branca).



Os dois deputados na Audiência publica de Segurança
Requião Junior e Paulo Litro.







E fácil e muito cômodo colocar a culpa sempre no governo, pois este discurso é uma evasiva maneira de se isentar da culpa, seja quem for corporação, comando, secretários de segurança, delegados, Deputados, Prefeitos e vereadores.

Mas olhando um pouco mais a fundo, o problema a culpa é inteiramente deles sim, a quem compete a segurança pública?

Veja o que está escrito na Constituição federal, no seu artigo 144:

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:

I - polícia federal;

II - polícia rodoviária federal;

III - polícia ferroviária federal;

IV - polícias civis;

V - polícias militares e corpo de bombeiro militar.


Se formos ver ao “pé” da letra a culpa de tudo o que acontece na cadeia de Arapoti é do estado sim, governador BETO RICHA, ele tem a “batuta” na mão para mudar isso, tem orçamento e tem dinheiro para resolver a situação, melhorar a estrutura da nossa cadeia, melhorar a corporação com mais agentes, seja penitenciários ou investigadores.

De nada adianta as pessoas se reunir, a comunidade de Arapoti ajudar na reforma de viaturas, tentar fazer o conselho de segurança funcionar, se não temos a vontade política de quem nos representa.


O nosso prefeito até foi em Curitiba para tentar amenizar isso, mas não teve êxito, nossos vereadores foram até a capital, mas só ficou nas fotos; a solução que é bom até agora nada. Gastam uma fortuna em diárias e não conseguem sequer trazer uma nova viatura para Arapoti, gostam mesmo de posar para fotos e passar a impressão que estão fazendo algo monstruoso para a nossa segurança, e até agora? NADA, NADA, NADA.


O Poder Judiciário também tem uma parcela de culpa em tudo isso, ficou claro que tem presos na cadeia que já cumpriram a pena e deveriam estar soltos, e aqueles com pena deveriam ser encaminhados à penitenciaria; mas a situação continua na mesma. 


E quem paga o “pato”, mais uma vez somos nós, somos atacados em todos os lugares, Arapoti vive hoje “UMA TERRA DE NINGUEM”; uma cidade digna dos filmes de faroestes, ruas sem segurança, pois toda semana a policia encontra alguém armado, assaltos a lotéricas, correios, postos de gasolina; isso já virou “ROTINA” em Arapoti.

A QUEM DEVEMOS PEDIR AJUDA?















Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER