JAPIRA.
Município de Japira é contemplado pelo Programa Nacional de Habitação Rural



Interessados devem realizar um pré-cadastro no CRAS até o dia 18

O município de Japira foi contemplado para receber 50 casas do programa de habitação rural, voltadas a trabalhadores rurais com DAP de até R$ 28.900,00. A conquista resulta de parceria firmada entre o Prefeito de Japira Walmir Wellington da Silva, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), a Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SEAB), o Instituto Emater, Sindicatos Rurais e agentes financeiros.

Em todo o Paraná, serão construídas 5 mil novas casas nessa etapa do Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR). Os recursos para o programa – em torno de R$ 3 milhões – são oriundos do Governo Federal.

As casas que serão construídas terão 43m2, com calçada, no valor de R$ 32 mil. A construção das casas será executada por etapas, conforme forem liberados os recursos pela Cohapar. Através do programa de habitação rural, o produtor vai pagar quatro parcelas anuais de R$ 300.

O prefeito de Japira Walmir Wellington da Silva pede aos trabalhadores rurais que se enquadram no programa que compareçam no CRAS do município munidos dos documentos para o pré-cadastro. “Precisamos agilizar esse processo de cadastramento, porque até 20 de abril todos esses cadastros devem estar aprovados pela Cohapar e serem entregues na Caixa para que esse programa se concretize em Japira e beneficie nossos produtores”, disse Walmir.

Na manhã desta segunda-feira o chefe do executivo reuniu vereadores e lideranças em seu gabinete para discutir estratégias para a realização do pré - cadastros dessa primeira fase. “Preciso do apoio e empenho de todos para que o nosso município cadastre em tempo hábil todos os possíveis beneficiários desse programa, reuni todos aqui hoje para que juntos realizemos essa força tarefa, pois temos somente até o dia 18 para entregar esses documentos”, indagou o prefeito.

Para quem não possui uma propriedade rural é possível construir uma casa do programa no terreno de terceiros (parentes de até 3º grau) – dos pais, por exemplo. Basta que eles assinem uma autorização para construir no local.

Os interessados em aderir ao Programa devem comparecer até dia 18 de abril no CRAS de Japira munidos dos seguintes documentos para cadastro:

- RG e CPF do casal e certidão de casamento. Solteiros devem apresentar a certidão de nascimento e os casos serão analisados individualmente, com base no perfil socioeconômico;
- Documentação do terreno;
- Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) de até R$28900,00.
- Cadastro Único, para quem o possui. Quem não tem, receberá orientações sobre como fazê-lo.

==============================
IBAITI
Prefeitura reorganiza arborização do CRAS e Academia da Saúde com transplante de árvores.


Equipes do Departamento Municipal do Meio Ambiente de Ibaiti deram início à reorganização das árvores do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS e Academia da Saúde, próximo ao Posto de Saúde da Mulher no Jardim Atlanta.

A ação envolve a retirada das palmeiras e coqueiros que estavam em frente ao CRAS e reimplantá-los na Praça da Academia da Saúde. “A intenção é valorizar o espaço e, ainda, melhorar a visibilidade do Centro de Referência de Assistência Social”, diz o prefeito Dr. Antonely.

Atualmente, um dos principais motivos para transportar uma árvore de um lugar a outro é a urbanização, que tira as plantas do caminho de obras e melhora a acessibilidade das pessoas.

A transferência exige muito cuidado e profissional qualificado para o serviço. A ação de transferência de árvores de um local para outro em Ibaiti está sendo coordenada pela engenheira agrônoma e especialista em gestão ambiental Viviane Chueiri, diretora do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Ibaiti.

“Para se fixar bem na nova terra, a árvore precisa de um corte especial nas raízes e ser plantada na mesma posição”, disse Viviane que acompanha pessoalmente cada operação de transporte das árvores.

Para a diretora as palmeiras e coqueiros retirados do CRAS e reimplantados na Academia da Saúde não sofreram nenhum dano durante o processo e vão se adaptar muito bem no novo local. As árvores valorizaram o novo espaço e vão permitir que os usuários da Academia da Saúde fiquem protegidos nas sombras durante seus exercícios.

A diretora comunicou que no antigo lugar onde estavam as palmeiras e coqueiros no CRAS serão plantados “Patas-de-Elefante” e “Cica”, plantas que tem um aspecto arbóreo e pode desenvolver uma altura de 2,0 metros ou mais.

O tronco da planta Cica lembra uma palmeira, lenhoso a semilenhoso, com ou sem ramificações. As folhas são dispostas em coroa, são grandes, podem atingir de 1,20 a 1,50 de comprimento por 15 ou 20 cm de largura. Já a Pata-de-Elefante é um tipo de planta arbustiva, possui textura semilenhosa e com um aspecto escultural. As duas plantas são muito usadas em decorações de fachadas e ornamentos de avenidas.

“As novas árvores que serão plantadas no CRAS são plantas baixas e irão deixar a fachada livre para visualização e consequentemente trará uma melhor identificação do local além de melhorar a acessibilidade das pessoas”, concluiu Viviane.

Descrição das fotos:
Palmeiras e coqueiros reimplantados na Academia da Saúde. Árvores foram retiradas do CRAS com utilização de técnicas de reimplantes



 (Gilson Sarrafho). foto 01



Vista parcial da praça da Academia da Saúde com palmeiras e coqueiros reimplantados do CRAS



(Gilson Sarrafho) foto 02.


Fachada do CRAS, local receberá o plantio de Patas-de-Elefante e Cica

(Gilson Sarrafho) foto 03


Planta Cica
 (Divulgação) foto 04

Patas-de-Elefante
 (Divulgação) foto 05

=============================


JAPIRA.
Município de Japira participa de encontro técnico do FNDE em Ponta Grossa.


A secretária municipal de Educação de Japira, Lyne Claide Menezes dos Santos, representou o prefeito Walmir Wellington da silva, na manhã da última sexta-feira (07), no encontro com técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).


O evento foi promovido pelo Deputado Federal Sandro Alex, e reuniu prefeitos e secretários de 50 municípios da região para esclarecer dúvidas relacionadas ao funcionamento do Programa de Ação Articulado (PAR) utilizado pelo Governo Federal para viabilizar recursos da educação aos municípios. Leandro Franco Damy, da Diretoria de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (DIGAP), e Marcus Sergius Teixeira, técnico do FNDE estiveram no encontro para orientar prefeitos e secretários de como conseguir cadastrar projetos na área educacional e viabilizar os recursos através do PAR. Na ocasião os profissionais do FNDE também tiraram dúvidas sobre projetos que já estão em andamento.

A expectativa é de que o Ministério da Educação libere, nos próximos quatro anos, 200 milhões de reais para projetos na área educacional das 50 cidades participantes do encontro.

Para Lyne Claide Menezes dos Santos, essa assessoria dos técnicos do FNDE fortalece a relação entre o Governo Federal e as cidades. “È muito importante contarmos com o apoio do Governo Federal, o município sozinho não consegue atender toda a demanda de investimentos. Participar desse encontro aproxima os técnicos dos municípios e faz com que eles conheçam melhor nossa realidade contribuindo para a realização dos nossos projetos”, finalizou a secretária.



===================================== 


JAGUARIAÍVA
Gestantes recebem orientação sobre pré-natal e cuidados com o recém-nascido.


Nesta terça-feira, dia 11, às 14h iniciou um novo ciclo do Grupo de Gestantes , projeto que ocorre na UBS Doutor Domingos Cunha, que tem como estratégia proporcionar através da educação em saúde um pré-natal mais dinâmico.

Os ciclos do Grupo de Gestantes na unidade são desenvolvidos através de parceria da SEMUS (Secretaria Municipal de Saúde) e (SEDES ) Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Com esta ação, os futuros papais e mamães recebem informações sobre pré-natal, contando com orientação de profissionais como médico, dentista, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicólogo, enfermeiras, assistente social, técnica de enfermagem, entre outros. As agentes comunitárias de saúde e recepcionistas também contribuem ativamente na divulgação e preparo do grupo. 

O primeiro ciclo do Grupo de Gestantes encerrou nesta semana e contou em média com 40 participantes semanalmente. As ações educativas para as participantes podem abordar temas sobre a importância do pré-natal, modificações corporais e emocionais, sintomas comuns na gravidez, alimentação saudável, cuidados de higiene, cuidados com as mamas, importância do aleitamento materno, atividade física, sexualidade, benefícios legais a que a mulher tem direito, parto e o puerpério, importância do planejamento familiar, cuidados com o recém-nascido, importância da puericultura (acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança), além de questões escolhidas pelas próprias gestantes. A Unidade Básica de Saúde Doutor Domingos Cunha fica no bairro Santa Cecília.
Reações:

Postar um comentário

 
Top