RADIO ATRATIVA: E AS NOTICIAS DA SEMANA


Feriado Municipal, Notícias da operação da Policia Federal “Carne fraca”, Prefeitura recebe novos veículos, Memoria do Esporte, Acidentes, Dia Mundial da Água e Lei da Mordaça. 


Feriado Municipal: Muitos perguntam o porquê e qual seria o motivo deste feriado em Arapoti no dia de hoje, 25 de março, este feriado é devido a Anunciação de Nossa Senhora, sendo determinada em lei municipal, uma inciativa do Ex-Vereador, o saudoso: Lino Gabriel Lopes dos Santos, “Deus enviou Seu Filho” (Gl 4,4), mas, para “formar-lhe um corpo”, quis a livre cooperação de uma criatura. Por isso, desde toda a eternidade, Deus escolheu, para ser a Mãe de Seu Filho, uma filha de Israel, uma jovem judia de Nazaré, na Galileia, “uma virgem desposada com um varão chamado José, da casa de Davi, e o nome da virgem era Maria” (Lc 1,26-27):


Operação “Carne fraca”: Decisão do juiz que autorizou ação da PF não cita fraude com papel, mas sobram irregularidades nos frigoríficos investigados. É o que revela trechos do texto: Não, não teve papelão – ao menos não literalmente. No cerne da polêmica reação à Operação Carne Fraca, que desmantelou esquema fraudulento entre fiscais e frigoríficos, o uso de papelão em meio à carne moída não aparece na decisão do juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14a Vara Federal de Curitiba, que autoriza o cumprimento dos mandados de prisão e busca e apreensão. O Estado de Minas obteve o relatório de 356 páginas, em que não há qualquer menção àquela irregularidade. Sobram, em contrapartida, indícios graves sobre as práticas criminosas. Enriquecimento ilícito de fiscais, com pagamento de propina em forma de dinheiro, apartamentos, propriedade rural e até mesmo carros de luxo estão entre as denúncias.

Veja as principais partes do despacho do juiz Marcos Josegrei da Silva:
Produto ou embalagem? O áudio da conversa entre o gerente de produção do frigorífico BRF, Luiz Fossati, e um funcionário, divulgada pela Polícia Federal e rebatida pela empresa, não é mencionada no despacho do juiz. Daí pode-se concluir que ela até fez parte da investigação preliminar, mas não ajudou a fundamentar as prisões. A BRF, empresa mencionada, se defende dizendo que se trata, na verdade de uma conversa sobre a embalagem do produto, não sobre o conteúdo.

Para fugir da fiscalização: No relatório o juiz aponta que para tentar burlar possível fiscalização eram adotadas algumas estratégias, como trabalhar em horários alternativos, durante a noite. Há, por exemplo, a utilização da carne de cabeça na fabricação de linguiça, prática vedada. Presunto considerado “mais ou menos putrefato” foi normalmente usado, já que foi considerado sem cheiro ruim, o que poderia inviabilizar seu aproveitamento. “Outras substâncias”, como relatado pelo juiz, também foram utilizados na fabricação dos produtos.


Água no frango: Outro aspecto destacado pelo juiz é a reembalagem de produtos inadequados para o consumo feito por funcionários da BRF S.A. Um dos fiscais teria descoberto a venda irregular dos produtos no frigorífico. Entre as não conformidades apontadas por ele está também a absorção de água em frangos em índices acima dos permitidos. Por ter sido descoberta, a empresa estaria “articulando a remoção da fiscalização” junto à Superintendência do Ministério da Agricultura com o afastamento do fiscal Antônio Carlos Prestes, que teria descoberto o esquema.


Propina, carnes e luxo: Quanto ao esquema de pagamento de propinas para facilitar eventuais problemas na fiscalização ou mesmo evitar que elas fossem realizadas, os donos dos frigoríficos pagam a propina em dinheiro, carros de luxo e até em carne. Os chefes do esquema Daniel Gonçalves Filho e Maria do Rocio Nascimento aparecem em conversas negociando até “asinhas”.


Enriquecimento suspeito: Em outro trecho da decisão, o juiz afirma que a quantidade de dinheiro e bens acumulados no período por Daniel deixa claro que ele recebia propina, já que bens superavam a expectativa de renda da família. “Tal fato, aliado à grande quantidade de dinheiro em espécie declarada por Daniel e seus familiares, bem como o indício da compra de carros de luxo em dinheiro, transparecem a ilicitude das quantias por ele recebidas”.


Salmonela na mortadela: O próprio juiz se espanta com a naturalidade com que os envolvidos no esquema tratam da utilização de carne contaminada na produção dos derivados. Em um trecho o juiz afirma que “chega a causar náuseas” a forma como é definida a utilização de carne de peru com salmonela para fazer mortadela. Os fiscais Carlos Cesar e Carlos Augusto Goetzke aparecem em diálogos dizendo que precisariam ir até o Frigorífico Santos para liberar a carga de 18 toneladas de carne, mesmo sabendo que elas estavam contaminadas. O produto seria misturado e usado para o embutido.


Dedos no pacote: Para nomear as propinas, por vezes, os investigados usavam de apelidos para disfarçar o trato das irregularidades. Maria do Rocio usa o termo “dedos” para se referir à quantia em dinheiro vivo que receberia para fazer liberações. Em uma das conversas interceptadas, Flávio Cassou afirma a Maria que os “dedos” eram para uma terça-feira, mas ele teria conseguido adiantar e os colocariam dentro de um pacote a ser entregue na casa dela. 
Ao todo, foram expedidos 27 mandados judiciais de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão. Ao todo, 21 frigoríficos são investigados na operação. Além disso, o Ministério da Agricultura afastou 33 fiscais de suas atividades. As investigações se iniciaram após denúncia do fiscal agropecuário Daniel Gouvêa Teixeira no ano de 2015. À época, ele denunciou que funcionários estavam sendo removidos de funções para atender a interesses de empresários. Ele diz que tomou conhecimento da existência de um esquema de corrupção que envolvia fiscais e a chefia do ministério no Paraná. Com base na denúncia, foi autorizada a interceptação telefônica e a quebra de sigilo fiscal e bancário dos suspeitos, que, junto com depoimentos, balizaram a operação.


Saúde: A Prefeitura Municipal de Arapoti recebeu três novos veículos que serão usados pela secretaria de saúde para transporte de pacientes e outros serviços conforme a necessidade. Os veículos (Dois WV/GOL e um WV/VOYAGE) chegaram através do convenio com o Governo do Estado APSUS (Atenção Primária à Saúde) que entrou com R$ 120.000,00 e o município com o restante R$ 13.922,76. Segundo o prefeito Braz esses carros logo estarão à disposição da população “Essa sempre foi e vai ser a nossa luta, melhorar o atendimento as pessoas que mais precisam”. Finalizou Braz. Os veículos agora vão ser documentados e em seguida estarão disponível a população.



Memória do Esporte: Quadro enfatizando a memória, quem narra é o radialista, conhecido no meio, Martins Moreira o “favo de mel”, traz a memória do esporte em Arapoti, algumas do esporte que tenho a certeza que muitos não sabem:
VOCÊ SABIA...
Que Emiliano Carneiro Kluppel, ex-prefeito de Arapoti, chamado popularmente de EMILIANINHO foi goleiro da Associação Atlética Arapoti ?....
Que Antonio Thomaz Formann, conhecido como NHÔ GANSO ou XISTO foi um maiores zagueiros-centrais da região e jogava pelo Guarani E.C. de forma clássica, como MAURO RAMOS DE OLIVEIRA, também zagueiro-central e bi-campeão mundial com a Seleção Brasileira em 1958 e 1962 ?...
Que José Carlos Lopes dos Santos popularmente conhecido como ZÉ BALCÃO foi um dos mais atuantes vereadores de Arapoti durante várias legislaturas e que ele também jogou bola sendo ponta-esquerda da Associação Atlética Arapoti?...
Que Agnaldo Padilha, Despachante do Detran, embora seja Tomasinense de nascimento está há muitos anos radicado em Arapoti e que sempre foi um dos maiores batalhadores para que o nosso futebol vivesse seus melhores momentos?...
Que a Associação Atlética Arapoti sempre foi uma equipe de grande destaque no cenário esportivo de nossa região e que ela sempre teve seu uniforme nas clores verde-amarela como a Seleção Brasileira? 


Acidente: O acidente aconteceu por volta das 14H30MIN da quarta-feira (22) no quilometro 58 da PR-272, segundo informações, o veículo era conduzido por um adolescente (17 Anos) que perdeu o controle do caminhão Volvo NL12 ano 1985, cor branca com placas de Pitanga-PR, e capotou em uma das curvas na chegada a Tomazina; o jovem acabou morrendo no local. O atendimento foi realizado pela Policia Rodoviária de Siqueira campos, também estiveram no local a Defesa Civil, e a Policia Civil que encaminhou o corpo do adolescente ao Instituto Médico Legal. 


Dia mundial da água: O Dia Mundial da Água é comemorado anualmente em 22 de março. Em Arapoti o dia foi comemorado Pela Secretaria de Meio Ambiente em parceria com a SANEPAR. Foram distribuídos panfletos educativos e copos de água da Sanepar. Esta data foi criada com o objetivo de alertar a população internacional sobre a importância da preservação da água para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta. Para isso, todos os anos o Dia Mundial da Água aborda um tema específico sobre este mineral de extrema e absoluta importância para a existência da vida. A conscientização sobre a urgência da economia deste recurso natural e como utilizado com cuidado é uma das principais metas do Dia da Água. A água limpa e potável é um direito humano garantido por lei desde 2010, de acordo com a Organização das Nações Unidas – ONU. Mesmo o planeta Terra sendo constituído aproximadamente 70% de água, apenas 0,7% de toda a água do mundo é potável, ou seja, adequada para o consumo humano.

Origem do Dia Mundial da Água: O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas - ONU, através da resolução A/RES/47/193 de 21 de fevereiro de 1993, determinando que o dia 22 de março fosse à data oficial para comemorar e realizar atividades de reflexão sobre o significado da água para a vida na Terra. Neste mesmo dia, a ONU lançou a Declaração Universal dos Direitos da Água, que apresenta entre as principais normas: A água faz parte do patrimônio do planeta; A água é a seiva do nosso planeta; Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados; O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos; A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores; A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo; A água não deve ser desperdiçada nem poluída, nem envenenada; A utilização da água implica respeito à lei; A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social; O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.



Lei da mordaça: Está ficando a cada dia que passa mais difícil vermos realmente uma imprensa livre, a intitulada lei da mordaça que passou pela Câmara Federal em dezembro de 2016, ainda assombra o Senado Federal e o presidente da república, agora a bola está com os Senadores, esta lei vai com certeza se aprovada no senado e sancionada pela presidência, cercear o direito à livre expressão, voltaremos na certeza absoluta nos duros tempos da ditadura militar, e sermos o “macaquinho” ilustrados nos desenhos (Não falo, Não escuto e não Vejo), será que é isso que queremos? Imagine uma rede de comunicação sem voz, sem letras e sem força para denunciar, clamar ao povo que lute para combater a corrupção, vejam, a cada notícia de que alguém roubou a previdência, os cofres públicos e tirou vantagens em cargos nomeados por políticos, lembre-se, se ficarmos calados, calados estaria também à prestação dos serviços públicos ao povo, médicos, falta de remédios, segurança, educação viveria ai sim em um país da “baderna generalizada”, se está péssimo como esta, acredite vai piorar ainda mais. Por isso temos que lutar para a verdadeira liberdade, fortalecer as instituições que fiscalizam e punem os “ladroes da republica”, e retirar de circulação o verdadeiro “câncer”, que propaga a desigualdade em nosso país, a fome e a miséria.




Seja um parceiro da RADIO ATRATIVA, enviando noticias, informações, denuncias, reclamações e podem mandar fotos pelo Whatsapp da radio (43) 9 9914.0404 fiquem ligados. ATRATIVA... 24 horas junto com você, muita música e notícias de hora em hora.

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER