FONTE: POLICIA CIVIL
Dois rapazes foram presos por participação em homicídio. O crime aconteceu no mês de abril do ano de 2015, quando a vítima ELIAS RODRIGUES DA SILVA, 19 anos, foi assassinado com um tiro na nuca próximo ao aeroporto de Arapoti. A Polícia Civil investigava o caso e tinha informações sobre a autoria, mas trabalhava na produção de provas para completo esclarecimento do crime. 

Segundo foi apurado, a vítima ELIAS tinha participado de um baile no Clube Álamo e foi convidado pelos três "colegas" para irem na madrugada beber no aeroporto. O carro de um dos envolvidos foi usado para ir ao local, mas a própria vítima teria sido usada como motorista. ELIAS foi deixado com o executor no aeroporto e dois dos rapazes envolvidos teriam voltado até a cidade com a desculpa de buscar umas meninas para beberem juntos.

Depois de um tempo voltaram ao aeroporto e encontraram a vítima e outro envolvido voltando a pé. Pararam o veículo e desceram. Nesse momento, um deles chegou por trás e disparou um tiro na nuca da vítima que caiu agonizando no asfalto. Os rapazes deixaram o corpo na estrada e voltaram para Arapoti. Um dos envolvidos, de 20 anos, foi preso meses depois por envolvimento em outros crimes. Os outros dois, um de 26 e outro de 33 anos, estavam em liberdade e acabaram sendo presos no último dia 29.

Na Delegacia, o executor assumiu sozinho a autoria. Os dois partícipes alegaram que não sabiam da intenção do outro comparsa, porém outras provas apontam que todos sabiam do crime, inclusive um deles era dono do veículo que transportou a vítima. O outro também já tinha passagem pelo crime de tentativa de homicídio. Nenhum dos envolvidos quis comentar sobre a motivação do crime.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top