Nesta terça-feira (14) na parte da manhã a reportagem do Voz do Povo esteve na sala do Chefe de Gabinete, Edilson Corsine com a presença do Secretario de Meio Ambiente Jeovane Varela que nos repassou as informações de uma audiência realizada na tarde (17H30MIN) desta segunda-feira (13) na sede da Secretaria de Segurança Pública em Curitiba; na verdade Jeovane como presidente da Associação Comercial e industrial de Arapoti, e Corsini como chefe de gabinete representando o prefeito Braz Rizzi, solicitaram reforço na área de segurança publica do município. A pedido do secretário estadual do Esporte e do Turismo, deputado licenciado Douglas Fabrício, eles foram recebidos pelo chefe de gabinete, Roberto Milaneze (o secretário Wagner Mesquita está em férias), pelo assessor militar da SESP, tenente-coronel Nelson Ademar Piske, pela chefe da Assessoria Civil, delegada Marcia Tavares e assessores técnicos. 


“Arapoti é um município que está em franco desenvolvimento, por isso nossa preocupação em melhorar a segurança”, comentou Varela. O município conta com sete policiais militares e o pedido é que mais dois agentes e uma viatura sejam deslocados para a cidade. Corsine disse que de acordo com Roberto Milanese, a solicitação será repassada ao comando do Batalhão de Ponta Grossa responsável pelo policiamento de Arapoti. Milanese também lembrou que o governo está comprando mil viaturas para atender as necessidades do setor.

Também foi sugerida a reestruturação do Conselho de Segurança do município. “Em alguns casos, a polícia está focada em uma área que não é a mais preocupante, e as informações trazidas pela comunidade por meio dos Consegs ajuda a planejar melhor o trabalho”, disse. De acordo com Edilson Corsini, depois de permanecer desativado por algum tempo, esta havendo um grande esforço para que o Conselho de Segurança seja retomado no município. 


Segundo Jeovane, o secretário Douglas Fabrício também ressaltou o trabalho realizado pelos conselhos. “Os Conselhos de Segurança são extremamente importantes para auxiliar os trabalhos das polícias, porque é a população quem sabe onde estão os maiores problemas. Então, além de reforçar as solicitações de melhorias na segurança de Arapoti, entendemos que é importante também que a comunidade trabalhe em sintonia com o poder público. E já saímos daqui com a garantia do comando da Segurança Pública do estado de que os oficiais da região participarão ativamente desse debate”, comentou Douglas Fabrício.


Reações:

Postar um comentário

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top