A redação do Voz do Povo é bombardeada todos os dias com centenas de matérias jornalisticas enviadas por agencias. Lendo algumas dessas reportagem me deparei com algumas notícias do litoral de nosso Estado, sobre a falta d'água e a demora no atendimento da SANEPAR, Companhia de Saneamento do Paraná, que detém a concessão dos serviços públicos de saneamento básico na maioria das cidades do Estado, neste momento voltei meus pensamentos para o nosso município.
contrato com a SANEPAR esta vencido e o prefeito disse que de acordo com a legislação deverá fazer uma licitação pública para ver qual será a empresa que vai assumir os serviços em nossa cidade. 

O que foi falado na ultima audiência publica, que aconteceu no fórum é que a administração da prefeitura estaria disposta a criar uma AUTARQUIA (Autarquia é pessoa jurídica de direito público, integrante da administração pública indireta, criada por lei especifica para desenvolver atividade típica de Estado e sua relevância para o direito administrativo). Com os mesmos moldes da SAMAE empresa responsável pelo abastecimento em Jaguariaíva que é uma autarquia. Na mesma audiência o prefeito reafirmou que não abre mão de uma tarifa diferenciada do que é cobrado hoje no estado (um valor menor), pois em Arapoti a água é de poço e sem sujeiras e da menos trabalho para o tratamento, por isso não justifica pagar o mesmo valor de cidades que fazem a captação de água de rios que é mais difícil para ser tratada. 

Os serviços prestados pela Sanepar em Arapoti já foi alvo de muitas Criticas, discussões, audiências públicas, e neste ano o prefeito e a câmara terão que decidir a situação, renova o contrato com a SANEPAR, traz uma nova empresa ou cria a autarquia. Mas é sempre bom lembrar que a empresa (Sanepar) além de ser uma economia mista (governo e investidores) é responsável pelo o abastecimento a mais de 30 anos, e agora deverá passar por este processo de licitação, caso não seja a vencedora, outra empresa assumira o serviço de fornecimento de água tratada e coleta de esgoto em Arapoti.  Em outros municípios a empresa vem tendo muitas dificuldades para atender os consumidores. 

Veja algumas chamadas de jornais locais:
São matérias que novas e mais antigas que mostram que a Sanepar tem os seus problemas também: 
  • Palotina: Metade da cidade está sem água e Sanepar não dá explicações.

http://correiodoar.com.br/noticia/palotina-metade-da-cidade-esta-sem-agua-e-sanepar-nao-da-explicacoes/12368/ 
segundo os moradores, a situação é preocupante, uma vez que ninguém foi avisado antecipadamente sobre o desligamento. 
  • Veranistas começam 2017 sem água no Litoral do Paraná
Problema em adutora fez disponibilidade de água cair de 580 para 270 litros por segundo
  • Sanepar esclarece as razões da falta de água em bairros de Guarapuava. 
4.300 ligações estão interrompidas desde quarta-feira (4), por conta de dois rompimentos de grande porte na rede. 
  • Sanepar substitui válvula, mas água continua em falta
http://arede.info/ponta-grossa/139824/sanepar-substitui-valvula-mas-agua-continua-em-falta
Cerca de 35% da população de Ponta Grossa teve o abastecimento interrompido nesta quarta-feira. ( 04/01)
  • ::: MINISTÉRIO PÚBLICO QUER EXPLICAÇÕES DA SANEPAR SOBRE A FALTA DE ÁGUA EM NOVA ESPERANÇA 


De acordo com o Promotor de Justiça, Dr. Nivaldo Bazoti, “a empresa é responsável pelo fornecimento de água para a população e tem que manter esse funcionamento com qualidade”. 
  • Sanepar está entre as mais processadas pelo Procon


Estatal passou a responder a 202 processos administrativos ano passado, número superior ao de sete bancos


E tem vários outros municípios tendo problemas com a SANEPAR. Em Arapoti passou 30 anos sem investir nada  e agora depois que acabou a validade do contrato começou a fazer obras e mais obras na esperança de conquistar o prefeito e assustar outras empresas insinuando que ela precisa ser ressarcida pelos valores investidos.
Durante os 30 anos quanto ela pagou pelo uso da caixa d'água e as instalações que já existia antes da SANEPAR assumir. Pode ter certeza que depois de renovado o contrato ela vai abandonar nossa cidade como fez durante os 29 anos em que só sugou o nosso município. Uma vergonha!!!

Para não restar duvidas colocamos os problemas enfrentado pelos moradores de cidades onde a SANEPAR atua. Prefeito e Vereadores que reflitam bem sobre esta situação; o que não pode é Arapoti continuar pagando a conta de outros municípios. A população também tem que fazer sua parte e pressionar, pois a renovação do contrato com a SANEPAR... sera mais trinta (30) anos de sofrimento com esta empresa que só enxerga o lado deles. O seu filho que nascer hoje, sera refém dos decretos do governador até aos 30 anos de idade e ninguém pode fazer nada.


Reações:

Postar um comentário

 
Top