ASSUNTO: VIOLÊNCIA CONTRA OS EDUCADORES.

Os professores da Rede Pública estão convidando a comunidade em geral para participarem da reunião extraordinária que será realizada na Câmara de Vereadores, neste dia 04 as 18 h.


O assunto em pauta será: Providências legais para respaldar a segurança dos profissionais de educação e alunos no ambiente escolar.


O estopim da revolta dos profissionais da rede de ensino foi devido a um aluno entrar na Escola e esfaquear a diretora, levando todos os profissionais a se indignarem em redes sociais, dizendo que chegou o momento de discutir a violência que os educadores vêm sofrendo com a relação a “ataques, em vias de fato” aos profissionais.

Os professores pedem às autoridades que discutam a situação e que providencias deverão ser tomadas para que os fatos de agressões não se repitam, e que assim todos possam adentrar nas salas de aulas e fazer o trabalho de educadores.

Pesquisas demonstram que o Brasil é um dos países em que a classe mais sofre com este tipo de violência. O fato dos poderes públicos muitas vezes não oferecer outras atividades para as crianças, como esportes, lazer e trabalho aos adolescentes; e principalmente a falta de vagas nas creches e instituições faz com que fiquem livres “perambulando” pelas ruas, onde são alvos fáceis de marginais que os levam para o mundo do crime. 

Outro fator também seria a estrutura familiar, separações prematuras de casais e irresponsabilidades de “alguns” pais na genuína EDUCAÇÃO dos filhos, pois educação não se aprende na escola, a “casa” seria segundo especialistas em educação o ambiente propício para educar os filhos, na escola se aprende o CONHECIMENTO. 

Com certeza a GUARDA MUNICIPAL será um ponto na pauta de discussão. 

Nas escolas onde tem servidores capacitados como guarda municipal a violência tende a se amenizar, pois eles têm a responsabilidade de proteger o patrimônio público, mas isso depende de um projeto do prefeito e aprovação na câmara de Vereadores e orçamento para o custeio do efetivo.

Mas também deixar bem claro que estes atos de violência aconteceram em escolas estaduais.

COMPAREÇAM!
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top