O Governo do Paraná entregou nesta semana uma série de obras, equipamentos e ambulâncias para fortalecer o atendimento básico de saúde de 25 municípios. O investimento beneficia todas as regiões do Estado e soma quase R$ 10 milhões em recursos próprios do tesouro estadual.

Desde segunda-feira (27), 18 novas Unidades da Saúde da Família foram inauguradas após obras de construção, reforma e ampliação. Além disso, o Estado repassou nove ambulâncias, no valor de R$ 95 mil, para ampliar a frota de nove municípios: Amaporã, Carlópolis, Apucarana, Marechal Cândido Rondon, Japira, Marquinho, Contenda, Rio Bom e Nossa Senhora Aparecida.

De acordo com o governador Beto Richa, os investimentos demonstram o compromisso do Governo do Estado em apoiar as prefeituras na qualificação da rede pública de saúde. “Estamos promovendo uma verdadeira transformação na área da saúde. Prova disso são os inúmeros investimentos que estamos fazendo na base do sistema, com obras em unidades de saúde e capacitação das equipes de atendimento”, disse Richa. 

Desde 2011, o governo estadual está aplicando cerca de R$ 183 milhões em obras para 503 novas Unidades da Saúde da Família (USF). Cerca de 35 mil profissionais de saúde também foram capacitados, através do programa ApSUS. Além disso, o Estado já repassou R$ 180 milhões às prefeituras para apoiar no custeio das despesas com atenção primária. 

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explica que essas ações têm refletido diretamente na redução de indicadores importantes, como a mortalidade materno-infantil. “Fortalecer a base do sistema dá resultado. A melhoria do pré-natal e da assistência a gestantes e bebês fizeram com que pelo menos 507 vidas fossem salvas em cinco anos aqui no Paraná”, destacou Caputo Neto. 

Dona Maria Eduvirges, de Colombo, aprova a nova unidade de saúde do bairro 

O município de Colombo, na região Metropolitana de Curitiba (RMC), foi um dos que receberam uma nova unidade de saúde, entregue na quinta-feira (30). Localizado no Jardim Guilhermina, o serviço será referência para o atendimento de quase 12 mil habitantes, ofertando consultas médicas, odontológicas e de enfermagem pelo SUS. 

Ao conhecer as novas instalações, a aposentada Maria Eduvirges Dias, moradora do Jardim Guilhermina, disse que aprovou a mudança. “Vai melhorar bastante, porque antigamente éramos atendidos em uma unidade dez vezes menor que essa”, revelou ela, que já foi conselheira municipal de saúde. “Essa obra era uma reivindicação antiga da comunidade e que hoje, finalmente, se concretiza”, completou ela. 

O Governo do Estado aplicou R$ 750 mil na obra e ainda garantiu mais R$ 230 mil para a compra de equipamentos. O superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd, explica que toda unidade construída com recursos do Governo do Estado tem a garantia de receber também os equipamentos para iniciar o atendimento. 

“Damos total suporte para que o serviço comece a funcionar já com a estrutura adequada para a assistência à população. São mais de 100 itens que as prefeituras podem adquirir, incluindo mobiliário, aparelhos médicos e um consultório odontológico completo”, detalha Gevaerd. 

Em Colombo, a construção permitiu que a estrutura de uma antiga unidade de saúde fosse transferida e ganhasse novas instalações. O serviço funcionava em um prédio alugado, gerando despesas extras à prefeitura. Além disso, o espaço de atendimento era bem menor, com apenas 70 metros quadrados. 

Ainda na Região Metropolitana de Curitiba, os municípios de Campo do Tenente, Mandirituba e Piraquara ganharam novas unidades nesta quinta-feira. O Estado investiu aproximadamente R$ 1,3 milhão em obras, mobiliário e equipamentos. Os serviços devem ampliar a retaguarda de atendimento básico, melhorando a qualidade da assistência à saúde na RMC. 

MAIS MUNICÍPIOS - Ao longo da semana, mais 12 cidades inauguraram obras da saúde financiadas pelo Estado. Cinco delas beneficiaram a população da região Oeste. 

Em Assis Chateaubriand, o governo estadual aplicou pouco mais de R$ 1,1 milhão na construção de duas novas estruturas de saúde. Em Diamante d’Oeste, o investimento foi de R$ 613 mil também para construção de um posto de saúde. Em Maripá, o Estado destinou R$ 115 mil para equipar o novo pronto atendimento. Em Mercedes, a construção custou R$ 656 mil. Já em Terra Roxa, a contrapartida foi de R$ 30 mil para obra de construção. 

No Sudoeste, a agenda de inaugurações foi intensa. Em Marmeleiro, na quinta-feira, foi entregue a ampliação de uma unidade de saúde já existente. O espaço vai abrigar a farmácia municipal, o setor de agendamento de consultas e área de vigilância em saúde. A obra, no valor de R$ 420 mil, teve uma contrapartida estadual de R$ 250 mil. 

Na terça-feira (28), Pato Branco inaugurou a unidade de saúde Novo Horizonte, beneficiando 6,5 mil moradores de cinco localidades. O investimento estadual foi R$ 721 mil. Com 659 metros quadrados, o espaço conta com três consultórios médicos, três consultórios odontológicos, dois consultórios de enfermagem, sala de atividades coletivas, sala de espera. 

Já na região dos Campos Gerais, a inauguração aconteceu na quarta-feira (29) em Arapoti. A reforma da unidade de saúde do distrito de Calógeras contou com uma contrapartida estadual de R$ 123 mil. O local fica a 20 quilômetros da sede da cidade, o que aumenta a importância da estruturação de um serviço resolutivo no distrito. 

Na região Noroeste, o município de Francisco Alves inaugurou também na quinta-feira o prédio da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas. A obra contou com R$ 750 mil em recursos do Estado. Nesta sexta, será a vez de Terra Boa ganhar uma nova unidade de saúde, cujo investimento estadual foi de R$ 850 mil em obras e equipamentos. 

No Norte Pioneiro, Nova América da Colina ganha nesta sexta-feira duas unidades de saúde, sendo uma na área urbana e outra na área rural. Somando obras e equipamentos, o Estado investiu quase R$ 1 milhão em recursos próprios. 

A programação de inaugurações envolveu também uma obra custeada pelo Estado na região centro-oeste. Ariranha do Ivaí reabriu nesta sexta-feira uma unidade de saúde, após passar por melhorias de reforma e ampliação. O investimento foi de R$ 500 mil. 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br ewww.facebook.com/governopr

A SAÚDE NA SEMANA

Entrega de ambulâncias: Amaporã, Carlópolis, Apucarana, Marechal Cândido Rondon, Japira, Marquinho, Contenda, Rio Bom e Nossa Senhora Aparecida. 

Inaugurações de Unidades da Saúde da Família: Colombo, Campo do Tenente, Mandirituba, Piraquara, Assis Chateaubriand, Diamante D’Oeste, Maripá, Terra Roxa, Mercedes, Marmeleiro, Pato Branco, Arapoti, Francisco Alves, Terra Boa, Nova América da Colina e Ariranha do Ivaí.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top