Ações começam neste mês de junho e se estendem até dezembro deste ano; no Paraná, 50 empresas receberam o Selo de Qualidade no Turismo no primeiro ciclo 


Empresários do setor de turismo de Ponta Grossa e da região dos Campos Gerais têm até a próxima quarta-feira, dia 15 de junho, para aderir ao Ciclo 2016 do Selo de Qualidade no Turismo, que tem como objetivo contribuir com o aperfeiçoamento técnico e profissional das empresas do setor, visando a qualidade de serviços e produtos, tornando-os ainda mais competitivos em termos de gestão e qualidade. A expectativa é que 20 empresas dos Campos Gerais participem desta nova fase, que tem programação prevista até dezembro de 2016.

O investimento é de R$ 300 para as empresas participantes das redes empresariais (Rede Gastronômica dos Campos Gerais e Castrotur) e associadas às entidades de turismo dos Campos Gerais. O lançamento do novo ciclo aconteceu na última terça-feira, dia 31, no escritório regional do Sebrae/PR em Ponta Grossa, e contou com a presença do coordenador de Turismo do Sebrae/PR, Aldo César Carvalho; do assessor da presidência da Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), Paikan Salomon de Mello e Silva; além de representantes de entidades e lideranças regionais.

O coordenador de Turismo do Sebrae/PR, Aldo Carvalho, aproveitou a ocasião para frisar os resultados obtidos com o Programa desde seu lançamento em 2015. Segundo ele, a expectativa inicial, no Estado, é que 55 empresas participassem do projeto, com aproximadamente 40 delas obtendo o Selo. Na prática foram 105 empresas aderentes, sendo que destas 83 foram para a avaliação final, que é feita pela Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), e 50 obtiveram o Selo, sendo 27 delas de hotelaria e hospedagem e as demais de gastronomia turística. Isso reforça a aceitação do Programa e do modelo que foi projetado, conta.

Para este segundo Ciclo, no âmbito estadual, o Sebrae/PR e os demais parceiros envolvidos no Programa estimam a participação de 140 empresas. A novidade é que além dos meios de hospedagem e empresas de gastronomia de interesse turístico, também poderão participar as agências de viagens receptivo, organizadoras de eventos e transportes turísticos.

Na região dos Campos Gerais, as ações previstas dentro do Programa começam a ser desenvolvidas neste mês de junho e encerram em dezembro de 2016. Dentre as ações estão o Modelo de Excelência em Gestão (MEG), o turista oculto, avaliação de qualidade e a realização do Plano de Inovação. Posteriormente, serão implementados nas empresas participantes as melhorias necessárias elencadas durante o processo.

Queremos reconhecer as empresas que ofertam serviços e produtos de excelência por meio das boas práticas de gestão e prestação de serviços, ou seja, que investem na região dos Campos Gerais, contribuindo para o aperfeiçoamento técnico e profissional do setor turístico do Paraná. O destino Campos Gerais tem muitas empresas com esse potencial para participar do Programa e que poderão ser reconhecidos nesse processo, sendo chanceladas dessa qualidade, diz a consultora do Sebrae/PR, Nádia Joboji.

Resultados
Dentre os resultados possíveis de serem observados nas empresas após a obtenção do Selo de Qualidade no Turismo, conforme o coordenador de Turismo do Sebrae/PR, estão a melhoria do processo de gestão da empresa e de qualidade dos serviços prestados. Também foi constatado que as empresas que conquistaram o Selo utilizaram o mesmo de forma efetiva em suas divulgações garantindo, desta forma, reposicionamento de mercado.

Parcerias
O Programa é realizado pelo Sebrae/PR em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH-PR), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), a Federação deConvention & Visitors Bureaux do Estado do Paraná (FC&VB-PR), Paraná Turismo, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), a Associação Brasileira de Agências de Viagens Paraná ABAV PR. O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) é responsável pelas avaliações que atestam a conformidade dos itens de qualidade dos processos de acordo com as diretrizes do projeto. 


Sobre o Sebrae/PR
O Sebrae/PR Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; estartups. 
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top