Terminam nesta terça-feira (31), as ações do Movimento Maio Amarelo, para conscientização no trânsito. No Paraná, o Detran realizou atividades educativas durante todo o mês e criou 31 pequenas campanhas publicitárias, com duração de um dia cada uma, sobre atitudes que podem fazer a diferença e salvar vidas.

Foram quase 6 milhões de pessoas alcançadas nas redes sociais, cerca de 2,6 milhões de visualizações e 44 mil compartilhamentos e comentários. A campanha teve 95 posts para o Facebook, 98 tweets, 32 vídeos publicados no Youtube, 33 matérias de divulgação e um site especial para reunir todo o conteúdo. 

Além da internet, as ações promovidas pelo Departamento ganharam espaço nos meios de comunicação tradicionais. Foram mais de 1,7 citações nos jornais, rádios, TVs e sites de todo o Brasil.

“Os resultados superaram nossas expectativas e alcançamos públicos tão diversos. Falamos com motoristas de caminhão, motoqueiros, empresários, pedestres, ciclistas, mães, filhos, idosos, jovens. O modelo da campanha nos permitiu falar de temas que nunca abordamos e que muitas vezes são vistos como banais, mas que passaram a ser nosso foco durante aquele dia e tinham importância para aquele público especifico”, conta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

A preocupação da autarquia era criar conteúdo que, usando histórias reais e dados estatísticos, chamasse a atenção dos paranaenses ao longo dos 31 dias. As peças foram produzidas pela CCZ*WOW, com coordenação da Secretaria de Estado da Comunicação do Paraná.

“Era quase como uma telenovela, começamos com uma ideia central, mas tivemos que sentir o público para saber como continuar. Quando um formato de vídeo já estava se esgotando, com o risco de cansar o público, tínhamos que reinventa-lô, rever a narrativa, refazer cenários e todo o trabalho de direção de arte. O diferencial foi o contato direto com o Detran e um monitoramento constante, com métricas de resposta digital para cada vídeo”, explica o diretor de criação da CCZ, Rodolfo Amaral.

RECONHECIMENTO NACIONAL: A campanha paranaense foi destaque em todo o país. Para o presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho, a ação foi diferente de todas as campanhas de educação de trânsito feitas no Brasil até hoje. “A qualidade dos vídeos, o trabalho integrado com a divulgação de conteúdo, a escolha dos temas, tudo isso foi especial. Para nós foi inédito, desde a abrangência até o formato”, destaca.

O ONSV é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que integra o Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas (ONU), como organização consultora especial na área de trânsito e segurança viária.

VÍDEO FINAL: O último depoimento registrado pelo Detran é diferente dos anteriores. Além de mostrar as técnicas usadas nas gravações anteriores, ele traz um depoimento real, de uma vítima de acidente.

“Os demais depoimentos foram inspirados em histórias reais, mas encenados por atores, com efeitos especiais e técnicas de cinema. Tudo para retratar a dura realidade de quem já sofreu com o trânsito, como o Adriano”, revela o vídeo.

Adriano Correia, de 31 anos, perdeu a perna em um acidente há 6 anos. “Um caminhão virou sem dar a seta, eu estava de moto, ele passou por cima. Tudo mudou naquele dia, entrei em depressão, passei dois anos que não lembro. Se as pessoas aprenderem um pouquinho com os vídeos, vão evitar que histórias como a minha e de todos retratados na campanha, se repitam”, reforça.

“Que o sofrimento de cada um de nós te convença a ser um motorista, um motoqueiro, um ciclista, um pedestre, melhor”, pede ele.

Todos os vídeos continuam disponíveis no site www.detran.gov.br/maioamarelo

AÇÕES: Também como parte do Maio Amarelo, o Detran realizou blitze educativas, palestras, passeatas, simulações, teatros e apresentações em empresas, lojas, câmara dos vereadores e escolas. Em parceria com prefeituras, policias rodoviárias federal e estadual e polícia militar, foram cerca de 200 pontos de blitze no Estado e 30 municípios com atividades contínuas no mês.
Reações:

Postar um comentário

 
Top